Kathleen Turner revela que foi alvo de aposta sexual de três grandes atores de Hollywood



A atriz Kathleen Turner deu uma entrevista ao site Vulture em que lembrou seus dias de sex symbol nos anos 1980. Ela contou que a popularidade também lhe rendeu assédio de grandes atores de Hollywood.

Segundo a atriz, ela virou “alvo sexual” de Michael Douglas, Jack Nicholson e Warren Beatty, que teriam feito uma aposta que premiaria quem transasse primeiro com ela.

“Você tem que lembrar que meu primeiro grande papel foi ‘Corpos Ardentes’ (1981) e depois disso eu virei um alvo sexual”, disse a atriz. “Eu descobri depois, através de Michael Douglas, que havia uma competição entre ele, Jack Nicholson e Warren Beatty para ver quem me levaria para a cama primeiro. Nenhum deles conseguiu, afinal. Não gostei de ser vista como um troféu”.

A atriz lembrou algumas circunstâncias dessa competição.



“Quando Jack e eu estávamos filmando ‘A Honra do Poderoso Prizzi’ (1985), o elenco foi para a sua casa. E Jack disse, sabendo do interesse de Warren em mim, ‘Por que você não liga para Warren e diz que eu não tenho saca-rolhas? Você verá o quão rápido ele chega aqui'”, relembrou. “Havia uma suposição de que as mulheres eram propriedades a serem reivindicadas”.

Kathleen ainda lembrou quando foi um jantar e sentou numa cadeira vazia ao lado de Jack Nicholson. “Sentei e me diverti muito. Depois de um tempo, porque eu tinha que filmar no dia seguinte, disse que tinha que sair e dirigi de volta para o [hotel] Château Marmont. Eu chego lá e o telefone toca. Era Jack. ‘Como você pôde fazer isso comigo? Você era minha acompanhante e foi embora'”, teria dito o ator a ela.

“E eu disse: ‘Eu era sua acompanhante? Ninguém me informou’. Situações como essa foram o motivo de eu nunca querer morar em Los Angeles. Toda vez que vou para lá, me sinto insegura”, afirmou a atriz.


Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings