Shia LaBeouf se transforma em seu próprio pai nas filmagens de sua biografia

Paparazzi flagraram as primeiras imagens da transformação de Shia LaBeouf para seu próximo filme. Ele aparece calvo, de óculos e envelhecido para viver ninguém menos que seu próprio pai em “Honey Boy”.

O filme foi roteirizado por LaBeouf, sob o pseudônimo de Otis Lort, e se foca no relacionamento entre o ator e seu pai, Jeffrey Craig LaBeouf.

Curiosamente, antes de sua autoria ter sido desvendada, o roteiro esteve em destaque na Black List, a lista dos melhores roteiros não filmados que circulam por Hollywood. A sinopse oficial resume a trama da seguinte forma: “Um ator infantil e seu pai que viola a lei e abusa do álcool tentam consertar seu relacionamento beligerante ao longo de uma década”.

LaBeouf admitiu que Lort era seu pseudônimo em uma entrevista da revista Esquire publicada em março. “Honey Boy” era como seu pai, um viciado em heroína, o chamava.

A direção do projeto está a cargo da premiada documentarista israelense Alma Har’el, que já venceu os festivais de Tribeca e Karlovy Vary e fará sua estreia na ficção. Ela conheceu LaBeouf ao dirigi-lo num clipe da banda islandesa Sigur Rós, em 2012.

Enquanto LaBeouf vive seu pai, dois outros atores darão vida a ele próprio. Quem faz o papel do jovem Shia é Lucas Hedges, que foi indicado ao Oscar por seu trabalho em “Manchester à Beira-Mar” (2016), enquanto o Shia criança será vivido por Noah Jupe (de “Um Lugar Silencioso”).

A trama vai se focar da adolescência do ator, quando ele era um astro infantil do Disney Channel – na série “Mano a Mana” (Even Stevens).

O elenco ainda inclui Maika Monroe (“Corrente do Mal”), Natasha Lyonne (série “Orange Is the New Black”), Clifton Collins Jr. (série “Westworld”), Laura San Giacomo (série “NCIS”) e Martin Starr (série “Silicon Valley”).

Ainda não há previsão para a estreia.