Diretor alemão de Em Pedaços vai estrear em Hollywood com remake do terror Chamas da Vingança

O cineasta alemão de origem turca Fatih Akin vai fazer sua estreia em Hollywood com uma nova adaptação do romance “A Incendiária” (Firestarter), de Stephen King, publicado em 1980.

Uma das principais inspirações da série “Stranger Things”, o livro já rendeu um filme clássico em 1984, intitulado “Chamas da Vingança” no Brasil. A trama gira em torno de uma menina chamada Charlie, que foi originalmente vivida por Drew Barrymore aos 9 anos de idade. Filha de um homem submetido a experiências científicas na faculdade, ela nasceu com poderes pirocinéticos – em suma, a capacidade de criar fogo com a mente. Quando uma agência governamental descobre as habilidades da criança, pai e filha precisam fugir se não quiserem ser capturados e estudados.

A história também teve uma adaptação televisiva, o fraco telefilme “Vingança em Chamas” (2002), produzido para o canal pago americano SyFy, e quase virou série de TV no canal pago TNT em 2014, mas este projeto não foi adiante.

A produção quase virou o terceiro longa dirigido pelo roteirista Akiva Goldsman, após o péssimo “Um Conto do Destino” (2014) e o fraco “Stephanie” (2017), igualmente sobre uma menina superpoderosa. Goldsman também escreveu a fraquíssima adaptação de “A Torre Negra”, de Stephen King, e isso acabou pesando contra sua definição. Mas ele será produtor do filme, ao lado de Martha de Laurentiis, produtora do filme de 1984, e Jason Blum, dono do estúdio Blumhouse.

Akin, por sua vez, é um dos cineastas mais notáveis do cinema europeu atual, venceu o Globo de Ouro 2018 de Melhor Filme em Língua Estrangeira por “Em Pedaços” (2017) e sua filmografia inclui outras produções premiadas como “Contra a Parede” (2004), “Do Outro Lado” (2007) e “Soul Kitchen” (2009).

O diretor alemão trabalhará com um roteiro de Scott Teems (série “Rectify”) e produção do estúdio Universal, que levará o filme aos cinemas em data ainda não divulgada.