A Barraca do Beijo é um dos maiores sucessos atuais da Netflix, segundo a Netflix

 

“‘A Barraca do Beijo’ (The Kissing Booth) é um dos filmes mais assistidos atualmente na Netflix americana e possivelmente no mundo”. A frase foi dita pelo diretor de conteúdo da Netflix, Ted Sarandos, ao site Vulture.

A comédia romântica adolescente é baseada no best-seller juvenil homônimo de Beth Reekles, e foi escrito e dirigido por Vince Marcello, que antes fez três telefilmes da franquia de bonecas “American Girl”.

Sarandos não ofereceu nenhum dado para comprovar o sucesso da produção, mantendo o segredo que cerca a audiência da plataforma, mas ele citou o site de banco de dados IMDb como um “bom indicador” do que o público vai querer assistir.

“[O IMDb é] um bom indicador do que funciona na Netflix, porque são pessoas bastante experientes em rede e com foco em entretenimento que dão feedback”, disse ele. “É melhor que o Rotten Tomatoes”, acrescentou.

Ele então apontou que “A Barraca do Beijo” era o quarto filme no ranking de popularidade do IMDb – na quarta-feira (13/5), porém, caiu para o número nove. Mais de 15 mil pessoas avaliaram a produção. Entretanto, a nota média é 6,4. Vale considerar que a pontuação da crítica no Rotten Tomatoes dá apenas de 17% de aprovação para o filme.

A trama gira em torno de uma garota que desde bebê tem um grande melhor amigo. A amizade durou tanto porque eles tem um regra: ela não pode namorar o irmão mais velho dele. Só que o cara é irresistível e começa a perceber que a amiga chatinha de seu irmão caçula cresceu. Química e atração Física acabam complicando a Matemática desta relação de high school. Logicamente, os planos de esconder o relacionamento não dão certo, rendendo comédia e drama ao mesmo tempo.

O elenco inclui Joey King (“O Ataque”, “7 Desejos”) como a protagonista, Joel Courtney (“Pacto Maligno”) como o melhor amigo e Jacob Elordi (“Swinging Safari”) como o galã adolescente mais velho. Mas o destaque não é para nenhum adolescente atual e sim para uma antiga adolescente, Molly Ringwald como a mãe de Joey King. A eterna “Garota de Rosa-Shocking” (1986) virou a mãe favorita de todo diretor de casting que faz produção do gênero – e atualmente vive a mãe de Archie na série “Riverdale”.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

Back to site top
Change privacy settings