Vídeo revela que Cobra Kai usará cenas inéditas do clássico Karatê Kid


O YouTube Red divulgou um vídeo de bastidores de “Cobra Kai”, série que continua a história de “Karatê Kid”, em que os produtores revelam cenas inéditas do clássico de 1984. Eles conseguiram takes exclusivos da luta entre Johnny Lawrence (William Zabka) e Daniel Larusso (Ralph Macchio), que foram filmados, mas não entraram no filme que inaugurou a franquia. As imagens servirão para reforçar o lado perdedor da história, Lawrence, que deste então tem sido considerado um derrotado na vida.

A trama vai mostrar que os dois antigos rivais da Sessão da Tarde clássica “fizeram as pazes”, mas Johnny ainda busca redenção. Para isso, resolve reformar o infame dojo Cobra Kai, que reabre como sensei. Entretanto, isto trará de volta o conflito com o bem-sucedido Daniel, que tenta manter a vida em equilíbrio, agora sem a ajuda de seu mentor, o Sr. Miyagi. A atração pretende explorar as frustrações dos dois através do karatê, além de homenagear Pat Morita, que morreu em 2005.

Macchio e Zabka também são produtores da série, que é uma criação dos roteiristas Josh Heald (“A Ressaca”), Jon Hurwitz e Hayden Schlossberg (ambos de “American Pie: o Reencontro”). Os dois últimos assinarão a direção dos episódios.

Além dos citados, há outro peso pesado de Hollywood no negócio: o ator Will Smith (“Esquadrão Suicida”), por meio de sua produtora Overbook, que responde pela produção. O filho de Smith estrelou o “remake” de “Karatê Kid” em 2010.



Os demais integrantes do elenco são Mary Mouser (série “Freakish”), Courtney Henggeler (série “Mom”), Xolo Maridueña (série “Parenthood”), Tanner Buchanan (série “Designated Survivor”) e o veteraníssimo Edward Asner (o eterno Lou Grant da série “Mary Tyler Moore” e voz original do vovô de “Up – Altas Aventuras”).

A estreia está marcada para esta terça-feira (2/5) no serviço de streaming do YouTube.


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings