Spin-offs de The Originals e Supernatural têm destinos definidos – e diferentes

 

Produtores adiantaram as decisões da rede CW sobre o desenvolvimento dos spin-offs (séries derivadas) de “The Originals” e “Supernatural”. Ambos os projetos eram centrados em protagonistas femininas introduzidas nas séries principais, mas apenas um deles foi aprovado.

Apesar do frisson despertado, o spin-off de “Supernatural”, intitulado “Wayward Sisters”, foi recusado pelo canal, revelou um dos criadores, Robert Berens, no Twitter.

A premissa tinha sido apresentada num episódio da atual temporada da série original, que conseguiu boa repercussão em termos de audiência e nas redes sociais. Por isso, a decisão de não dar prosseguimento ao projeto deve frustrar fãs, que já alimentavam expectativas pela estreia, além de ter deixado Berens, como ele próprio assumiu, desentendido e com raiva.

O spin-off estava sendo desenvolvido por Berens e Andrew Dabb, ambos roteiristas de “Supernatural”, e seria centrado na xerife Jody Mills (Kim Rhodes) e nas adolescentes problemáticas que ela adotou: Claire Novak (Kathryn Newton), filha do receptáculo humano de Castiel (Misha Collins), Alex Jones (Katherine Ramdeen), jovem raptada por vampiros, e a médium Patience Turner (Clark Backo).

Sob o treinamento e proteção das xerifes Jody Mills e sua amiga Donna Hanscum (Briana Buckmaster), as jovens formariam uma equipe de caçadoras de monstros, num contraponto feminino à série original – sobre dois irmãos, Sam (Jared Padalecki) e Dean (Jensen Ackles), originalmente treinados por um pai caçador.

Já a série derivada de “The Originals” era, até aqui, apenas uma ideia da produtora Julie Plec, que vinha mencionando – já há dois anos – a possibilidade de continuar o universo vampírico inaugurado em “The Vampire Diaries” com uma série centrada na filha adolescente de Klaus Mikaelson. Com o fim previsto de “The Originals”, que acaba na 5ª e atual temporada, os personagens continuarão vivos na nova atração. Vale lembrar que a série da família Mikaelson já era um spin-off de “The Vampire Diaries”.

A nova produção de Julie Plec ganhou o título de “Legacies” e uma sinopse: “Dando sequência à tradição de ‘The Vampire Diaries’ e ‘The Originals’, chega a história da próxima geração de seres sobrenaturais na Escola Salvatore para Jovens e Superdotados. A filha de Klaus Mikaelson, Hope Mikaelson, de 17 anos, as gêmeas de Alaric Saltzman, Lizzie e Josie Saltzman, e outros jovens adultos amadurecem da maneira mais anticonvencional possível, formados para serem a melhor versão de si mesmos… apesar de seus piores impulsos. Essas jovens bruxas, vampiros e lobisomens se tornarão os heróis que eles querem ser ou os vilões que nasceram para virar?”.

Além de Danielle Rose Russell (“Extraordinário”), que fez sua estréia como a Hope adolescente na atual temporada de “The Originals”, a série terá participação de um veterano de “The Vampire Diaries”: o ator Matthew Davis, intérprete de Alaric Saltzman, que se tornou responsável pela criação de Hope durante a passagem de tempo entre as duas últimas temporadas de “The Originals”.

Completam o elenco já confirmado os atores Aria Shahghasemi (“No Alternative”), Quincy Fouse (“The Goldbergs”), Kaylee Bryant (“Santa Clarita Diet”) e Jenny Boyd (“A Jornada dos Vikings”), cujos personagens estão sendo mantidos em segredo.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

Back to site top
Change privacy settings