Série Instinct copia episódio de Bones e criador pede desculpas no Twitter



Quem acha que as séries procedimentais são todas iguais ganhou um argumento incontestável no domingo, dia 1º de abril. Apenas em seu terceiro episódio, a série “Instinct” conseguiu a proeza de resolver o mesmo crime apresentado num capítulo antigo de “Bones”.

No episódio intitulado “Secrets and Lies”, um adolescente Amish é assassinado depois de se mudar para a cidade grande. Ao investigar a morte do jovem, os protagonistas encontram palitos de picolé que os lembram de teclas de piano, o que os leva a questionar o professor de piano da vítima.

Pois no capítulo “The Plain in the Prodigy”, que também foi o episódio número 3 de uma temporada de “Bones” (a 5ª), os protagonistas investigam o assassinato de um jovem Amish que se mudou para a cidade grande. Eles encontram uma coleção de pedras que se parecem com teclas de piano e resolvem investigar o professor de piano da vítima.

Os telespectadores que ficaram bobos no 1º de abril cobraram explicações de Michael Rauch, criador de “Instinct”, que respondeu no Twitter: “Sim, ouvi sobre isso. Muito angustiante e 100% não intencional. Investigando isso para me certificar de que não aconteça novamente. E, claro, desculpas a ‘Bones’ (e seus fãs)”.

Ops.



Este caso não é difícil de ser solucionado. O episódio de “Instinct” foi escrito por Christopher Ambrose, que foi produtor-roteirista de… “Bones”.


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings