Vencedor do Oscar, Uma Mulher Fantástica lidera indicações ao prêmio Platino do Cinema Ibero-Americano

O prêmio Platino, dedicado ao cinema Ibero-Americano, divulgou os indicados para sua premiação de 2018 e o filme chileno “Uma Mulher Fantástica”, vencedor do Oscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira, lidera a lista com mais categorias.

Ao todo, o longa de Sebastián Lelio concorre a nove troféus, incluindo Melhor Filme, Direção e Atriz (Daniela Vega).

O Brasil disputa o prêmio principal como uma coprodução, “Zama”, da argentina Lucrecia Martel, que foi o segundo filme com o maior número de indicações – aparece em oito categorias. Representante da Argentina no Oscar, “Zama” conta com nomes brasileiros no elenco e na equipe. A brasileira Renata Pinheiro, por exemplo, emplacou indicação em Melhor Direção de Arte.

Já o cinema 100% nacional aparece na lista com “O Filme da Minha Vida” (na categoria de Melhor Trilha Sonora), “História Antes de uma História” e “Lino: Uma Aventura de Sete Vidas” (ambos como Melhor Animação), “Como Nossos Pais” (prêmio dedicado ao Cinema e Educação) e “Um Contra Todos” (Melhor Ator em Minissérie, para Julio Andrade).

Os vencedores serão conhecidos dia 29 de abril, em cerimônia realizada no México.

Confira abaixo todos os indicados.

Indicados ao Prêmio Platino 2018

Melhor Filme
“La Cordillera” (Argentina, Espanha)
“A Livraria” (Espanha)
“Últimos Dias em Havana” (Cuba, Espanha)
“Uma Mulher Fantástica” (Chile, Espanha)
“Zama” (Argentina, Brasil, Espanha, México, Portugal)

Melhor Direção
Álex de la Iglesia (“Perfectos Desconocidos”)
Fernando Pérez (“Últimos Dias em Havana”)
Isabel Coixet (“A Livraria”)
Lucrecia Martel (“Zama”)
Sebastián Lelio (“Uma Mulher Fantástica”)

Melhor Ator
Alfredo Castro (“Los Perros”)
Daniel Giménez Cacho (“Zama”)
Javier Bardem (“Amando Pablo”)
Javier Gutiérrez (“El Autor”)
Jorge Martínez (“Últimos Dias em Havana”)

Melhor Atriz
Antonia Zegers (“Los Perros”)
Daniela Vega (“Uma Mulher Fantástica”)
Emma Suárez (“Las Hijas de Abril”)
Maribel Verdú (“Abracadabra”)
Sofia Gala (“Alanis”)

Melhor Roteiro
Carla Simón (“Verano 1993”)
Fernando Pérez e Abel Rodríguez (“Últimos Dias em Havana”)
Isabel Coixet (“A Livraria”)
Lucrecia Martel (“Zama”)
Sebastián Lelio e Gonzalo Maza (“Uma Mulher Fantástica”)

Melhor Trilha Sonora
Alberto Iglesias (“La Cordillera”)
Alfonso de Vilallonga (“A Livraria”)
Derlis A. González (“Los Buscadores”)
Juan Antonio Leyva, Magda Rosa Galbán (“El Techo”)
Plínio Profeta (“O Filme da Minha Vida”)

Melhor Animação
“Deep” (Espanha, Bélgica, China)
“El Libro de Lila” (Colombia, Uruguai)
“História Antes de uma História” (Brasil)
“Lino” (Brasil)
“As Aventuras de Tadeo 2: O Segredo do Rei Midas” (Espanha)

Melhor Documentário
“Dancing Beethoven” (Espanha)
“Ejercicios de Memoria” (Paraguai, Argentina, Alemanha, França)
“El Pacto de Adriana” (Chile)
“Los Niños” (Chile, França, Holanda)
“Muchos Hijos, un Mono y un Castillo” (Espanha)

Melhor Filme de Estreia
“El Techo” (Nicarágua, Cuba)
“La Defensa del Dragón” (Colômbia)
“La Llamada” (Espanha)
“La Novia del Desierto” (Argentina, Chile)
“Mala Junta” (Chile)
“Verano 1993” (Espanha)

Melhor Edição
Ana Plaff e Didac Palao (“Verano 1993”)
Etienne Boussac (“La mujer del Animal”)
Miguel Schverdfinger e Karen Harley (“Zama”)
Rodolfo Barros (“Últimos Dias em Havana”)
Soledad Salfate (“Uma Mulher Fantástica”)

Melhor Direção de Arte
Estefanía Larraín (“Uma Mulher Fantástica”)
Mikel Serrano (“Handia”)
Mónica Bernuy (“Verano 1993”)
Renata Pinheiro (“Zama”)
Sebastián Orgambide e Micaela Saiegh (“La Cordillera”)

Melhor Fotografia
Benjamín Echazarreta (“Uma Mulher Fantástica”)
Javier Juliá (“La Cordillera”)
Raúl Pérez Ureta (“Últimos Dias em Havana”)
Rui Poças (“Zama”)
Santiago Racaj (“Verano 1993”)

Melhor Som
Aitor Berenguer, Gabriel Gutiérrez e Nicolás De Poulpiquet (“Verónica”)
Guido Berenblum (“Zama”)
Sergio Bürmann, David Rodríguez e Nicolás De Poulpiquet (“El Bar”)
Sheyla Pool (“Últimos Dias em Havana”)
Tina Laschke (“Uma Mulher Fantástica”)

Prêmio Platino ao Cinema e Educação em Valores
“Como Nossos Pais” (Brasil)
“Handia” (Espanha)
“La Mujer del Animal” (Colômbia)
“Mala Junta” (Chile)
“Uma Mulher Fantástica” (Chile, Espanha)

Melhor Série ou Minissérie
“El Maestro” (Argentina)
“El Ministerio del Tiempo” (Espanha)
“Las Chicas del Cable” (Espanha)
“Un Gallo para Esculapio” (Argentina)
“Velvet Colección” (Espanha)

Melhor Ator em Série ou Minissérie
Asier Etxeandia, por Velvet Colección”)
Júlio Andrade (“Um Contra Todos”)
Julio Chávez (“El Maestro”)
Luis Brandoni (“Un Gallo para Esculapio”)
Peter Lanzani (“Un Gallo para Esculapio”)

Melhor Atriz em Série ou Minissérie
Aura Garrido (“El Ministerio del Tiempo”)
Blanca Suárez (“Las Chicas del Cable”)
Giannina Fruttero (“Ramona”)
Kate Del Castillo (“Ingobernable”)
Marta Hazas (“Velvet Colección”)