Harvey Weinstein usa Ben Affleck para desmentir Rose McGowan sobre abuso

O produtor Harvey Weinstein, que tinha sumido da face da Terra após sofrer uma avalanche de denúncias de abusos sexuais, voltou à tona. Por meio de seu advogado Ben Brafman, ele decidiu se pronunciar contra as alegações de Rose McGowan, que detalhou ter sido estuprada por Weinstein em seu livro de memórias, “Brave”.

Weinstein nega as acusações de violação da atriz, afirmando que ambos tiveram um encontro consensual durante o Festival de Sundance de 1997. E para provar, seu advogado divulgou emails trocados entre ele, Ben Affleck e Jill Messick, que era empresária da atriz no período. O material contradiz a versão do livro de McGowan.

No livro, a atriz diz que foi ao quarto de hotel de Weinstein para discutir um papel num filme, quando o produtor a puxou para a jacuzzi e a despiu, obrigando-a a fazer sexo oral. Depois disso, McGowan diz ter ido para uma sessão fotográfica com Ben Affleck para promover um lançamento – os dois trabalharam juntos em “Indo Até o Fim” (1997) e “Fantasmas” (1998). O ator teria presenciado o estado abalado da atriz e quando a questionou, ela contou o que tinha acontecido. Affleck ainda teria dito algumas palavras que deixavam implícito seu conhecimento de outros casos de abusos de Weinstein.

Num email divulgado pelo advogado de Weinstein – e escrito em 26 de julho, antes de surgirem as denúncias contra o produtor – , Affleck nega que McGowan tenha lhe falado sobre a alegada violação. “Ela nunca me disse nem eu nunca entendi que ela tivesse sido atacada por qualquer um. Qualquer declaração em contrário é falsa. Não tenho conhecimento de nada que Rose fez ou alegou ter feito”, diz a mensagem enviada ao produtor.

Em outro email, a ex-agente de McGowan, Jill Messick, diz que a atriz tinha lhe contado que entrou por vontade própria na jacuzzi de Weinstein, na noite em que foi convidada a ir a seu quarto, mas que se arrependeu dessa decisão. “Quando nos encontramos no dia seguinte, ela me contou, de forma hesitante, que durante a reunião naquela noite entrou na banheira de hidromassagem com o Sr. Weinstein. Ela foi muito clara de que entrar na banheira foi algo que fez de forma consensual e que, em retrospetiva, era algo de que se arrependia de ter feito”.

Após estas revelações, Rose McGowan foi ao Twitter responder diretamente a Weinstein. A mensagem furiosa não é para os fracos de coração: “F*da-se você, seu maldito escroto perdedor dos infernos. Você vai queimar. Você vai ser um terno vazio dentro de um caixão. Espero que você suma do planeta, seu b*sta”. Veja sem asteriscos abaixo.

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.

Back to site top
Change privacy settings