Cine Holliúdy vai virar série de comédia da Globo

 

A comédia “Cine Holliúdy”, sucesso inesperado do cinema brasileiro em 2013, vai virar série da Globo. Dirigido por Halder Gomes, o filme começou como fenômeno cearense, exibido em apenas nove salas do estado, para virar uma das maiores bilheterias do ano e vencer o prêmio de Melhor Comédia, conferido pela Academia Brasileira de Cinema.

Mistura de “Os Trapalhões” e “Cinema Paradiso”, o filme contava as peripécias de um cineclubista – ou melhor, “cinemista” – para exibir filmes no único cinema de sua cidadezinha do interior cearense, durante os anos 1970.

Segundo o jornal O Globo, a série vai manter a ambientação e voltará a trazer o ator Edmilson Filho no papel do idealista Francisgleydisson, dono do Cine Holliúdy, mas mudará a premissa, tomando emprestado de “O Bem Amado” o antagonismo do prefeito local. Além disso, o personagem de Edmilson deixará de ser um homem de família para virar um solteirão, que se envolve com a enteada de seu rival.

Matheus Nachtergaele (“Trinta”) vai integrar o elenco como o prefeito de Pitombas, cidade fictícia do Ceará em que a trama se passa. Heloísa Périssé (“Odeio o Dia dos Namorados”) foi escalada como sua esposa, “importada” de São Paulo, e Letícia Colin (“Entre Irmãs”) como a enteada do prefeito – batizada, apropriadamente, de Marilyn.

É para agradar as duas que o prefeito Olegário decide comprar a primeira televisão da cidade, e instala o aparelho em praça pública. “Com a chegada da televisão, o cinema perde seu público. Mas Francisgleydisson é um contador de histórias e começa a produzir seus próprios filmes para atrair as pessoas”, conta Halder Gomes.

O diretor do filme vai compartilhar a direção da série com Patrícia Pedrosa (de “Mister Brau”), e o elenco contará com muitas participações especiais, como Miguel Falabella (série “Sai de Baixo”), Ney Latorraca (“Irma Vap: O Retorno”), Tonico Pereira (série “A Grande Família”) e Ingrid Guimarães (“De Pernas pro Ar”).

A produção da Globo, que ainda não tem previsão de estreia, será a terceira versão da história, já que “Cine Holliúdy” começou como um curta – “Cine Holiúdy: O Artista Contra o Cabra do Mal”, de 2004.

Além da série, Halder Gomes também trabalha numa continuação para o cinema. “Cine Holliúdy 2: A Chibata Sideral” já foi totalmente filmado e deverá ganhar lançamento ainda neste semestre.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.

Back to site top
Change privacy settings