Novo clipe de Jay-Z resgata estética racista das animações do começo do século 20

O rapper Jay-Z divulgou o primeiro clipe de seu novo álbum. Para acompanhar a musica “The Story of O.J.”, o vídeo recorre a um desenho animado, que mostra negros caricatos, ao estilo das animações do começo do século 20. A estética retrô inclui exibição em preto e branco, e um personagem central, denominado Jaybo, que narra a história marcadamente racista.

O nome Jaybo é uma versão de Jay-Z para Sambo, personagem de um livro infantil – The Story of Little Black Sambo – publicado em 1899 e que hoje é considerado super-racista.

A escolha não é casual, já que, em seu decorrer, o clipe mostra linchamentos, comércio de escravos e negros trabalhando em campos de algodão, enquanto uma cruz é consumida por chamas.

A direção é do próprio Jay-Z em parceria com o cineasta Mark Romanek (“Não Me Abandone Jamais”). Os dois já tinham trabalhados juntos no clipe de “99 Problems” (2004). Já a animação foi realizada pelo estúdio The Mill e assinada por Lisha Tan, inspirando-se em desenhos polêmicos de Rudolf Ising e Bob Clampett dos anos 1930 e 1940.

“The Story of O.J” integra “4:44″, primeiro álbum do rapper desde 2013. Lançado na sexta (30/6), o disco atraiu a atenção da mídia por conta de suas letras reveladoras – numa delas, Jay-Z chega a confessar ter traído sua esposa Beyoncé.