Star Trek: Discovery finalmente ganha data de estreia



A rede CBS finalmente divulgou a data de estreia da aguardada série “Star Trek: Discovery”. A atração será lançada no dia 24 de setembro nos Estados Unidos. Seguindo o padrão estabelecido em outras parcerias da Netflix, ela deve ser disponibilizada no dia seguinte no mercado internacional, via plataforma de streaming.

Originalmente, “Star Trek: Discovery” tinha a missão de inaugurar o serviço de streaming da própria CBS no começo do ano, mas os atrasos em sua produção fizeram com que o spin-off de “The Good Wife”, intitulado “The Good Fight”, tivesse esta honra em fevereiro passado. Como chamariz, a CBS vai exibir apenas o primeiro episódio na TV aberta, lançando os demais em sua plataforma, CBS All Access.

O resgate televisivo da cinquentenária franquia espacial vai estrear 12 anos após o cancelamento de “Star Trek: Enterprise” (2001–2005), última atração televisiva desse universo. Assim como aquela série, a nova também é um prólogo da missão original de “Jornada nas Estrelas (1966-1969).

A trama se passa uma década antes dos eventos do filme “Star Trek” (2009). Por isso, um dos personagens que se destacam é Sarek (James Frain, de “Gotham”), o pai do Sr. Spock. Mas ainda não se sabe exatamente em que contexto se dará sua participação, muito menos sua relação com a Tenente Michael Burnham, vivida por Sonequa Martin-Green (série “The Walking Dead”), protagonista da série.



“Star Trek: Discovery” foi desenvolvida originalmente por trekkers de três gerações diferentes: Nicholas Meyer (diretor de “Jornada nas Estrelas II: A Ira de Khan” e roteirista de “Jornada nas Estrelas IV – A Volta para Casa”, nos anos 1980), Bryan Fuller (criador da série “Hannibal”, que começou a carreira escrevendo episódios das séries “Star Trek: Deep Space Nine” e “Star Trek: Voyager”, nos anos 1990), e Alex Kurtzman (roteirista dos dois primeiros filmes do reboot da franquia, “Star Trek” e “Além da Escuridão: Star Trek”). Mas Fuller, que tinha a função principal de showrunner, acabou saindo para se dedicar ao lançamento de “American Gods”. Em seu lugar, assumiram seus assistentes, Gretchen Berg e Aaron Harberts, que trabalharam com o produtor em “Pushing Daisies”.

O piloto foi dirigido por David Semel (séries “Hannibal” e “The Strain”) e o elenco ainda inclui Michelle Yeoh (estrela de “O Tigre e o Dragão”), Anthony Rapp (“Uma Mente Brilhante”), Doug Jones (conhecido por viver monstros em produções de Guillermo del Toro, como “Hellboy”, “O Labirinto do Fauno” e “Mama”), Jason Isaacs (Lucius Malfoy na franquia “Harry Potter”), Shazad Latif (o Dr. Jeckyll da série “Penny Dreadful”), Maulik Pancholy (série “30 Rock”), Kenneth Mitchell (série “Frequency”), Rekha Sharma (série “Battlestar Galactica”) e Terry Serpico (“12 Horas Para Sobreviver: O Ano da Eleição”).

Aproveite e veja o primeiro trailer divulgado neste link.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings