Netflix anuncia a estreia de suas primeiras séries interativas

A Netflix anunciou suas primeiras séries interativas, nas quais o espectador pode decidir o rumo das narrativas com seu controle remoto ou toque na tela. Veja o vídeo abaixo.

A primeira produção, “Gato de Botas: Preso num Conto Épico”, já está disponível na plataforma. A segunda, “Buddy Thunderstruck: A Pilha do Talvez”, estreia em 14 de julho. Uma terceira série, “Stretch Armstrong: The Breakout”, baseada num antigo boneco que estica, encontra-se em produção e estreará no próximo ano.

“A combinação dos nossos engenheiros no Vale do Silício com as mentes criativas em Hollywood deu à luz um mundo de infinitas possibilidades de narrativas na Netflix”, afirmou Carla Engelbrecht Fisher, diretora de inovação de produtos do serviço, em comunicado.

A Netflix considerou que a programação infantil é “o espaço ideal” para testar este projeto, “já que as crianças adoram brincar com seus personagens favoritos e costumam manipular as telas”.

Por enquanto, os conteúdos interativos da Netflix poderão ser acessados apenas em Smart TVs e em dispositivos móveis que usem o sistema operacional iOS, da Apple.

Vale lembrar que a ideia não é exatamente nova. O desenvolvimento de narrativas interativas, baseado em opções dadas ao usuário, existe desde 1976, quando o primeiro game do gênero “Adventure” foi lançado para computador, ainda em formato de texto. A partir do momento em que as plataformas gráficas se tornaram mais populares nos anos 1990, diversos jogos do gênero foram lançados para PC. Mas a tendência acabou perdendo terreno para os games de tiros, que dominaram o mercado a partir do século 21.

Recentemente, o formato de jogos interativos voltou à moda graças ao sucesso de lançamentos ligados, de forma curiosa, à séries de TV: “The Walking Dead” e “Game of Thrones”. Detalhe: não são narrativas para crianças como as opções da Netflix.