Julianne Moore será protagonista do remake americano de Gloria

A atriz Julianne Moore (vencedora do Oscar por “Para Sempre Alice”) vai estrelar o remake americano de “Gloria”, comédia dramática do chileno Sebastián Lelio, que rendeu o Urso de Prata de Melhor Atriz a Paulina García no Festival de Berlim de 2013.

Sebastián Lelio também vai escrever e dirigir a versão americana, situação que já rendeu saia justa para vários diretores. Ao menos, ele terá a companhia de um compatriota que já estreou em Hollywood. A produção está a cargo de Pablo Larraín, que estreou em inglês com “Jackie” no ano passado.

Segundo o diretor, o filme não será um remake típico, mas uma reimaginação das situações vistas no longa original, a partir dos mesmos personagens, que podem tomar direções diferentes na nova produção.

“Como uma das maiores atrizes do mundo, Julianne Moore dará suas próprias características para a personagem, sendo uma grande honra inesquecível para a gente. Será como um jazz: sentiremos o espírito do longa chileno, mas iremos revigorá-lo”, declarou Lelio, em comunicado.

O longa de 2013 acompanhava Gloria, uma mulher solitária de 58 anos, cujos filhos já saíram de casa há algum tempo. Como se recusa a ficar sozinha em casa às noites, ela tem o hábito de ir a bailes dedicados à terceira idade. Lá, conhece vários homens, com quem costuma se empolgar e, logo depois, se decepcionar. A situação muda quando surge Rodolfo, um ex-oficial da Marinha, que a faz se apaixonar e imaginar um relacionamento permanente, mas também a obrigada a confrontar alguns dos seus segredos mais sombrios.

As filmagens vão acontecer no final do ano.