Intérprete do novo Homem-Aranha vai estrelar a adaptação do game Uncharted

A Sony Pictures está tão entusiasmada com o desempenho de Tom Holland como o novo Homem-Aranha que vai entregar outra franquia para o jovem ator estrelar. O site Deadline apurou que ele viverá o caçador de tesouros Nathan Drake na adaptação do popular game “Uncharted”.

Fãs do jogo do PlayStation 3 podem ter dificuldades para entender a escalação, já que o protagonista é um arqueólogo de cerca de 30 anos e Holland ainda passa por estudante colegial nos filmes do Homem-Aranha.

Para quem não conhece, o game acompanha as aventuras do arqueólogo Nathan Drake, que segue as pistas do seu antepassado Sir Francis Drake para encontrar relíquias místicas ao redor do mundo.

A questão é que a Sony não vai adaptar os quatro jogos já lançados da franquia, mas fazer um prólogo, centrado na juventude do protagonista. A ideia teria sido uma “inspiração” do chefão do estúdio, Tom Rothman, após ver uma edição finalizada de “Homem-Aranha: De Volta ao Lar”, afirma o Deadline. Na história, Drake seria um jovem ladrão e teria seu primeiro encontro com o caçador de tesouros Victor Sullivan, que se torna seu mentor.

Essa mudança na trama original é apenas uma das muitas que foram cogitadas desde que a adaptação de “Uncharted” começou a ser cogitada, há sete anos. Para se ter ideia, diretores tão diferentes quanto David O. Russell (“Trapaça”), Neil Burger (“Divergente”) e Seth Gordon (“Quero Matar Meu Chefe”) já estiveram envolvidos com a produção, que também esteve prestes a ser estrelada por Mark Wahlberg (“Transformers: A Era da Extinção”), Robert De Niro (“O Lado Bom da Vida”) e até Scarlett Johansson (“Os Vingadores”) em incontáveis versões atrás.

O filme se arrasta para sair do papel desde 2010. A primeira versão do roteiro foi escrita por Thomas Dean Donnelly e Joshua Oppenheimer (dupla dos péssimos “Dylan Dog e as Criaturas da Noite” e “Conan, o Bárbaro”), jogada no lixo e substituída por novo texto do casal Marianne e Cormac Wibberley (“A Lenda do Tesouro Perdido”), que previa uma família Drake, e, antes da última “mudança de direção criativa”, havia um terceiro roteiro aprovado, de autoria de Mark Boal (“A Hora Mais Escura”). Nesta encarnação, Drake estaria em busca da cidade de El Dorado, mas para chegar lá precisaria competir com mercenários e criaturas mutantes que defendem o local.

O roteiro finalmente aprovado foi escrito pelo cineasta Joe Carnahan (“A Perseguição”) e entregue em janeiro, provavelmente antes da “inspiração” de Rothman. Se for realmente o caso, outra pessoa ainda precisará mexer na história.

Já a função de diretor caberá a Shawn Levy, responsável pela trilogia cômica “Uma Noite no Museu” e produtor da série “Stranger Things”.