Fox marca as datas de estreia das continuações de Avatar



Agora é oficial. O estúdio 20th Century Fox realizou uma atualização em seu cronograma de lançamentos para os próximos anos, e ela inclui quatro filmes da franquia “Avatar”, de James Cameron.

Embora o diretor venha anunciando a retomada de “Avatar” (2009) desde 2010, com o lançamento inicial previsto para 2013, é a primeira vez que o estúdio assume a divulgação de datas oficiais.

De acordo com o cronograma, “Avatar 2” estreará em 18 de dezembro de 2020 e “Avatar 3” em 17 de dezembro de 2021. Já “Avatar 4” será lançado com um hiato de três anos, em 20 de dezembro de 2024, deixando a última parte da franquia, “Avatar 5”, para 19 de dezembro de 2025.

O hiato pode ter sido resultado da difícil negociação entre o diretor e o estúdio. Embora a Fox estivesse entusiasmada em retomar a produção, havia receios sobre o plano do diretor de filmar todas as continuações de uma única vez, resultando num comprometimento de orçamento superior a US$ 1 bilhão – capaz de quebrar o estúdio em caso de fracasso. Assim, parece ter havido um acordo para dividir os quatro longas em duas filmagens separadas de dois filmes simultâneos. Isto também libera o elenco para fazer outros filmes em vez de se dedicar um ano inteiro à uma única franquia.



James Cameron dirigirá todos os longas, que trarão de volta Zoe Saldana, Sam Worthington, Sigourney Weaver e Stephen Lang, apesar dos personagens dos dois últimos terem morrido no filme de 2009.

Cameron vai dirigir todos os filmes, mas cada um foi escrito por um roteirista diferente, entre eles Josh Friedman (criador da série “Terminator: The Sarah Connor Chronicles”, também baseado em personagens de Cameron), Shane Salerno (do pavoroso “Aliens vs. Predador 2”) e o casal Rick Jaffa e Amanda Silver (a dupla de “Planeta dos Macacos 2: O Confronto”).

Enquanto isso, a Disney prepara o parque temático “Pandora – The World of Avatar”, desenvolvido em parceria com Cameron, que deve ser aberto no Walt Disney World em Orlando, na Flórida, em maio.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings