Drunk History estreia no Brasil com direito a vomitadas

A versão brasileira da “Drunk History” estreia no Comedy Central já com histórias de bastidores. “Dois narradores foram parar no hospital, algumas vomitadas, umas em cena e outras que soubemos só depois que a pessoa chegou em casa”, contou o diretor Amilcar de Oliveira ao UOL, sobre as gravações.

Intitulada em português “A História Bêbada – Drunk History”, a série de esquetes reúne convidados para narrar um acontecimento marcante da História do Brasil, com o diferencial de que eles precisam estar completamente bêbados. E a produção depois encena com atores os fatos do jeito como foram contados.

Consultor artístico do projeto e um dos narradores, Danilo Gentili foi escolhido para narrar o romance entre Dom Pedro I e a Marquesa de Santos. O apresentador conta que aceitou fazer parte do programa pela possibilidade de risadas que a atração vai proporcionar.

“Bêbado é engraçado, fala besteira, fala coisa sem graça. O segredo para contar uma boa história é ser muito objetivo, quando você fica bêbado, isso é a primeira coisa que vai embora, o bêbado fica prolixo e cada um reage de um jeito diferente à bebida”, conta.

Alem de Gentili, outros 22 narradores entre atores, atrizes, roteiristas e comediantes foram convidados para encherem a cara em frente às câmeras, para um total de oito episódios, que começam a ser exibidos na noite desta segunda (10/4) no canal pago Comedy Central.

Criado pelo canal de humor do Youtube “Funny or Die”, “Drunk History” já contou com atores famosos em sua versão original, como Winona Ryder, Alfred Molina, Bob Odenkirk, Owen Wilson, Jack Black, Will Ferrell, Bill Hader e Kristen Wiig.