Diretor de Capitão América vai comandar quarto filme das Crônicas de Nárnia

O cineasta Joe Johnston (“Capitão América: O Primeiro Vingador”) foi anunciado como diretor de “As Crônicas de Nárnia: A Cadeira de Prata”, novo filme da franquia de fantasia que já rendeu três filmes anteriormente.

“Joe é um contador de histórias maravilhoso que está igualmente à vontade trabalhando nas maiores franquias e também em peças de caráter mais íntimo”, disse o produtor Mark Gordon, em comunicado. “A história de C.S. Lewis é icônica e épica, mas também terna, pessoal e emocional, ele é a escolha perfeita para trazer ‘A Cadeira de Prata’ para a tela.”

Os filmes são baseados nos livros do autor irlândes C. S. Lewis. Com sete títulos, a série já vendeu mais de 100 milhões de exemplares ao redor do mundo.

Os três filmes anteriores da franquia arrecadaram quase US$ 1,6 bilhão de bilheteria mundial. A Disney distribuiu os dois primeiros filmes e a Fox lançou o terceiro, “A Viagem do Peregrino da Alvorada”, em 2010.

“As Crônicas de Nárnia: A Cadeira de Prata” será lançada numa parceria entre as produtoras TriStar, Mark Gordon Company e Entertainment One.

O roteirista David Magee (“As Aventuras de Pi”) anunciou que tinha concluído o roteiro da adaptação há quase dois anos. Mas a longa passagem de tempo desde o último filme não será problema narrativo, já que o quarto livro de Lewis também se passa décadas após os últimos eventos vistos no cinema. Por isso, é o primeiro livro de Nárnia sem a presença de nenhum dos irmãos Pevensie – apenas seu primo Eustace permanece na trama – permitindo que a franquia possa ser reiniciada com um elenco totalmente novo.

A trama acompanha Eustáquio Mísero e sua amiga de escola, Jill Pole, em busca do Príncipe Rilian, filho desaparecido do rei Caspian, que a esta altura já está bastante idoso. Para essa missão, eles contarão com a ajuda do grande leão Aslam.