Nova parceria do diretor de Esquadrão Suicida com Will Smith ganha primeiras fotos oficiais

A Netflix divulgou as três primeiras fotos oficiais de “Bright”, superprodução que volta a juntar Will Smith e o diretor de “Esquadrão Suicida”. As imagens trazem Smith armado e trajando uniforme da polícia, acompanhado por um orc igualmente uniformizado. A criatura é interpretada por Joel Edgerton (“Aliança do Crime”),

O humano Ward (Smith) e o orc Jakoby (Edgerton) são policiais que precisam superar suas diferenças para proteger uma jovem elfa e uma relíquia perdida, que em mãos erradas pode destruir o mundo.

O roteiro de Max Landis (“Victor Frankenstein”) se passa em um mundo de fantasia, onde os seres humanos co-existem com elfos e orcs, mas não numa era medieval como nas aventuras da Terra Média. A ação se passa em cenários contemporâneos do século 21. Na verdade, a sinopse evoca uma espécie de “Nação Alien” (1988) dos contos de fada.

Com direção de David Ayer, “Bright” também inclui em seu elenco Edgar Ramírez (“A Garota no Trem”), Lucy Fry (série “11.22.63”) e Noomi Rapace (“Prometheus”).

A produção representa o mais caro investimento da Netflix num único filme. Só o roteiro custou US$ 3 milhões, numa das mais caras aquisições dos últimos anos da indústria cinematográfica. Além disso, US$ 45 milhões serão destinados ao pagamento dos cachês, inclusive o salário de Will Smith, e mais US$ 45 milhões foram destinados a cobrir as despesas de filmagens.

A previsão é de um lançamento em dezembro.