Vídeo revela quase toda a participação de Neymar em xXx: Reativado



A Paramount divulgou a cena legendada da participação de Neymar em “xXx: Reativado”. Se bem que Neymar dispensa legendas. Ele tem duas falas e em português.

“Eu não sou herói, sou um jogador de futebol”, diz o atleta do Barcelona e da seleção brasileira, que surge logo nos primeiros minutos do filme de ação, interpretando a si mesmo. A cena divulgada concentra a maior parte de sua curta participação. Com spoiler, eis o que acontece.

Após recusar o recrutamento de Samuel L. Jackson (“Os Oito Odiados”), ele tem tempo de demonstrar sua destreza, ao nocautear um bandido, chutando num porta-guardanapo contra a sua cabeça. Mas antes que possa mudar de ideia, um satélite cai do céu, fazendo com que Neymar exploda, no mau sentido, antes que possa virar um astro de ação.

Se bem que Rodrigo Santoro entrou calado em “As Panteras: Detonando” (2003) e hoje é o coadjuvante brasileiro mais famoso de Hollywood.



“xXx: Reativado” traz de volta Vin Diesel ao papel do esportista radical Xander Cage, que ele viveu em “Triplo X” (2002), além de um elenco internacional formado pela búlgara Nina Dobrev (série “The Vampire Diaries”), as australianas Ruby Rose (série “Orange Is the New Black”) e Toni Collette (“Uma Longa Queda”), o chinês Donnie Yen (“O Grande Mestre”), o tailandês Tony Jaa (“Velozes & Furiosos 7”), a indiana Deepika Padukone (“Piku”), o lutador inglês de MMA Michael Bisping (“Anomalia: Corrida Contra a Vida”), o escocês Rory McCann (série “Game of Thrones”), o cantor chinês Kris Wu (“Mermaid”), a colombiana Ariadna Gutiérrez-Arévalo (atual Miss Colômbia), o rapper americano Ice Cube (retomando seu personagem de “xXx 2 – Estado de Emergência”) e o astro de reggaeton Nicky Jam, que como Neymar fará sua estreia no cinema.

O filme tem direção de D.J. Caruso (“O Quarto dos Esquecidos”), roteiro de Chad St. John (“Invasão à Londres”) e F. Scott Frazier (“Códigos de Defesa”), e estreia na quinta (19/1) no Brasil, um dia antes do lançamento nos EUA.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings