Pedro Almodóvar vai presidir o júri do Festival de Cannes

 

O cineasta espanhol Pedro Almodóvar será o presidente do júri do Festival de Cannes de 2017, anunciaram nesta terça-feira (31/1) os organizadores do evento.

O diretor e roteirista, que venceu o Oscar por “Fale com Ela” (2002) e foi premiado em Cannes por “Tudo Sobre Minha Mãe” (1999) e “Volver” (2006), lançou seu filme mais recente, “Julieta” (2016), na edição do festival do ano passado.

Em comunicado, o diretor de 67 anos disse estar “grato, honrado e um pouco surpreso” pelo convite para presidir o festival, enquanto os organizadores destacaram o motivo da escolha. “Seus trabalhos já se consolidaram no nicho eterno da história do cinema”, disseram, em resumo.

Os demais membros do júri que definirão o vencedor da Palma de Ouro serão anunciados apenas em abril.

No ano passado, o júri presidido pelo cineasta australiano George Miller (“Mad Max: Estrada da Fúria”) tomou decisões controversas e dividiu a crítica, ao ignorar “Elle”, “A Criada”, “Toni Erdmann”, “Aquarius” e o próprio “Julieta” em favor de “Eu, Daniel Blake” e filmes vaiados como “Personal Shopper” e “É Apenas o Fim do Mundo”. Pela lista, dá para ver como o festival é importante.

A próxima edição marcará os 70 anos do Festival Cannes e vai acontecer entre os dias 17 e 28 de maio.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

Back to site top
Change privacy settings