Logan é proibido para menores nos EUA, por excesso de violência, linguagem forte e nudez

 

O diretor James Mangold fez questão de avisar em seu Twitter que “Logan” foi oficialmente classificado como impróprio para menores nos EUA. E ainda destacou os motivos.

“Por favor, estejam cientes que ‘Logan’ recebeu a classificação ‘R’, devido a ‘excesso de violência, linguagem forte e um pouco de nudez’”, escreveu o diretor.

A Fox decidiu aceitar os argumentos de que isso atrairia os fãs, em vez de resultar em perda de bilheterias, após o sucesso de “Deadpool”, que também foi lançado com classificação “R” – isto é, proibido para menores de 17 anos nos EUA. Filmes com esta classificação geralmente são exibidos para maiores de 16 anos no Brasil – caso, por sinal, de “Deadpool”.

Os trailers liberados até o momento revelam que o filme tem um tom mais sério que as produções dos X-Men e também prometem mais violência que o usual.

O roteiro é de Michael Green (“Lanterna Verde”) e do estreante David James Kelly, e a direção está mais uma vez a cargo de Mangold, que foi responsável pelo filme anterior, “Wolverine – Imortal” (2013).

A estreia está marcada para 2 de março no Brasil, um dia antes do lançamento nos EUA.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

Back to site top
Change privacy settings