Sindicato dos Atores anuncia indicados a Melhores do Ano com algumas surpresas

 

O Sindicado dos Atores dos EUA (Screen Actors Guild) divulgou a lista de indicados a seu prêmio anual, o SAG Awards. Trata-se do troféu com a maior coincidência de premiação com o Oscar. Neste século, cerca 90% dos vencedores individuais do SAG também receberam o Oscar de Melhor Ator, Atriz e Coadjuvantes. E o motivo é simples: a maior parte dos votantes da Academia são atores, que também votam no prêmio do Sindicato.

Por isso, o anúncio dos indicados ao prêmio já serve de aperitivo para o Oscar 2017. E Isabelle Huppert, que vinha vencendo tudo por sua performance com “Elle”, ficou de fora. Em seu lugar, apareceu Emily Blunt, de “A Garota no Trem”, de quem ninguém vinha falando. Isto porque a atriz francesa não é filiada ao sindicato americano.

Entretanto, ela não foi a única ausência sentida. O badalado “La La Land – Cantando Estações” emplacou seus atores nas categorias individuais, mas não conseguiu indicação como Melhor Elenco. Para alguns “especialistas”, o prêmio de Melhor Elenco equivaleria ao voto dos atores no Melhor Filme do ano. E ao ficar sem indicação nesta categoria, “La La Land” teria grandes dificuldades de fazer valer seu favoritismo no Oscar.

A verdade, porém, é que a coincidência com o Oscar cai para quase 50% na categoria de Melhor Elenco. Se aconteceu mais recentemente com “Spotlight” (2015) e “Birdman” (2014), não houve reciprocidade com “Trapaça” (2013), que perdeu para “12 Anos de Escravidão”, nem “Histórias Cruzadas” (2011), batido por “O Artista” (2011) na premiação da Academia. Outros vencedores do SAG de Melhor Elenco que não venceram o Oscar foram “Bastardos Inglórios” (2009), “A Pequena Miss Sunshine” (2006), “Sideways” (2004), “Gosford Park” (2002) e “Traffic” (2000), para ficar neste século.

Já em relação às categorias individuais, a sincronia chega a ser entediante. Para dar noção da forte confluência entre as duas premiações, nesta década absolutamente todos os atores que venceram o SAG conquistaram também o Oscar e apenas uma atriz ficou sem a estatueta da Academia: Viola Davis, premiada pelo Sindicato por “Histórias Cruzadas”, perdeu o Oscar para Meryl Streep por “A Dama de Ferro” (2011). A diferença é maior entre os coadjuvantes, mesmo assim o dobro de um é dois.

A cerimônia de entrega do SAG Awards acontece no dia 29 de janeiro em Los Angeles, com transmissão para o Brasil pelo canal pago TBS.

Melhor Elenco
Capitão Fantástico
Fences
Estrelas Além do Tempo
Manchester à Beira-Mar
Moonlight

Melhor Ator
Casey Affleck – Manchester à Beira-Mar
Andrew Garfield – Até o Último Homem
Ryan Gosling – La La Land – Cantando Estações
Viggo Mortensen – Capitão Fantástico
Denzel Washington – Fences

Melhor Atriz
Amy Adams – A Chegada
Emily Blunt – A Garota no Trem
Natalie Portman – Jackie
Emma Stone – La La Land – Cantando Estações
Meryl Streep – Florence Quem é Essa Mulher?

Melhor Ator Coadjuvante
Mahershala Ali – Moonlight
Jeff Bridges – A Qualquer Custo
Hugh Grant – Florence Quem é Essa Mulher?
Lucas Hedges – Manchester à Beira-Mar
Dev Patel – Lion – Uma Jornada Pra Casa

Melhor Atriz Coadjuvante
Viola Davis – Fences
Nicole Kidman – Lion – Uma Jornada Pra Casa
Naomie Harris – Moonlight
Octavia Spencer – Estrelas Além do Tempo
Michelle Williams – Manchester à Beira-Mar

Melhor Elenco em Série de Drama
The Crown
Downton Abbey
Game of Thrones
Stranger Things
Westword

Melhor Elenco em Série de Comédia
The Big Bang Theory
Black-ish
Modern Family
Orange Is The New Black
Veep

Melhor Ator em Série de Drama
Sterling K. Brown – This Is Us
Peter Dinklage – Game of Thrones
John Lithgow – The Crown
Rami Malek – Mr. Robot
Kevin Spacey – House of Cards

Melhor Atriz em Série de Drama
Millie Bobby Brown – Stranger Things
Claire Foy – The Crown
Thandie Newton – Westword
Winona Wyder – Stranger Things
Robin Wright – House of Cards

Melhor Ator em Série de Comédia
Anthony Anderson – Black-ish
Tituss Burgess – Unbreakable Kimmy Schmidt
Ty Burrell – Modern Family
William H. Macy – Shameless
Jeffrey Tambor – Transparent

Melhor Atriz em Série de Comédia
Uzo Aduba – Orange Is The New Black
Jane Fonda – Grace & Frankie
Ellie Kemper -Unbreakable Kimmy Schmidt
Julia Louis-Dreyfus – Veep
Lily Tomlin – Grace & Frankie

Melhor Ator em Telefilme ou Minissérie
Riz Ahmed – The Night Of
Sterling K. Brown – The People v. O.J. Simpson: American Crime Story
Bryan Cranston – All The Way
John Turturro – The Night Of
Courtney B. Vance – The People v. O.J. Simpson: American Crime Story

Melhor Atriz em Telefilme ou Minissérie
Bryce Dallas – Black Mirror
Felicitty Huffman – American Crime
Audra McDonald – Lady Day at Emerson’s Bar & Grill
Sarah Paulson – The People v. O.J. Simpson: American Crime Story
Kerry Washington – Confirmation

Melhor Elenco de Dublês em Cinema
Capitão América Guerra Civil
Doutor Estranho
Animais Noturnos
Até o Último Homem
Jason Bourne

Melhor Elenco de Dublês em Televisão
Game of Thrones
Marvel’s Daredevil
Marvel’s Luke Cage
The Walking Dead
Westworld

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

Back to site top
Change privacy settings