Amber Heard teve crise nervosa e não conseguiu depor no tribunal contra Johnny Depp

A atriz Amber Heard teve uma crise nervosa e não conseguiu prestar seu depoimento preliminar ao tribunal, no caso em que acusa o ator Johnny Depp de violência doméstica. Segundo o site da revista People apurou com os advogados de Depp, ela chegou mais de uma hora atrasada ao tribunal no sábado (6/8) e, antes mesmo de fazer o juramento necessário para o depoimento, caiu no choro e começou a gritar. Depois, recusou-se a responder às perguntas do questionário que lhe foi entregue. Para completar, não entrou na corte quando chamada e não entregou os documentos que lhe foram pedidos.

“Amber chorava histericamente e andava em círculos, gritando em algumas horas e rindo em outras. Ela parecia uma maníaca e irracional e seus advogados iam conversando com ela, tentando acalmá-la”, disse uma fonte da publicação.

Agora, a equipe jurídica do ator vai pedir ao juiz responsável que a atriz seja impedida de testemunhar na semana que vem, quando ocorre o julgamento, e que seja retirada a acusação de violência doméstica.

No momento, o juiz Carl Moor mantém o julgamento marcado para começar em 17 de agosto, além de ter ampliado a ordem de restrição de Amber contra Depp. Por conta disso, os dois terão que depor em dias separados.

Amber afirma ter como provar as agressões sofridas com boletins médicos, áudios e vídeos, além de sete testemunhas, como sua amiga Raquel Pennington e o namorado dela, Joshua Drew, que estariam no mesmo prédio do ex-casal em 21 de maio, quando a atriz teria apanhado de Depp. Outra testemunha será Tillett Wright, com quem Amber estaria falando ao telefone no dia da agressão.

O ator, por sua vez, listou 23 testemunhas a seu favor contra as acusações de violência doméstica, entre elas dois agentes policiais que responderam a uma chamada de emergência feita por sua ex-mulher.

Depp, de 52 anos, e Heard, de 30, se conheceram durante a filmagem de “Diário de um Jornalista Bêbado” (2011) e ficaram noivos em 2014, apesar de vários rumores sobre problemas em sua relação. Os dois estavam casados desde em fevereiro de 2015, em evento que teve duas cerimônias, uma delas na ilha particular do ator, nas Bahamas, com a presença de seus filhos, Lily Rose e Jack, e 50 convidados.