Diretor de A Perseguição vai escrever a adaptação do game Uncharted

A Sony Pictures contratou um novo roteirista para a adaptação do game “Uncharted”, projeto “amaldiçoado”, que está em desenvolvimento há seis anos. Desta vez, o escolhido foi o cineasta Joe Carnahan (“A Perseguição”), que recentemente escreveu o roteiro do remake de “Desejo de Matar”.

Carnahan contou à revista Variety que retratar o mundo de Nathan Drake, protagonista da franquia de jogos, é um sonho virando realidade: “Arqueologia nos dias de hoje é uma relíquia por si só, mas esse mundo sempre me pareceu fascinante. Ainda mais quando você vai em um museu e imagina como todos aqueles artefatos foram parar ali. Além disso, a marca em si é tão famosa que foi difícil recusar o convite”.

Mesmo assim, ele deixou claro que não assumiria a direção do filme por conta de sua agenda lotada, já que também vai comandar “Bad Boys 3”. “Em um mundo perfeito, eu adoraria fazer ambos, mas agora só estou no projeto para fazer o roteiro”.

O detalhe é que a adaptação de “Uncharted” só deve ser menos amaldiçoada que o remake de “O Corvo”. Isto porque a Sony já mudou a direção criativa do filme diversas vezes, sem saber direito se quer desenvolver uma franquia de ação ou uma comédia, atraindo e perdendo uma coleção respeitável de cineastas no processo. Para se ter ideia, diretores tão diferentes quanto David O. Russell (“Trapaça”), Neil Burger (“Divergente”) e Seth Gordon (“Quero Matar Meu Chefe”) já estiveram envolvidos com a produção, que também esteve prestes a ser estrelada por Mark Wahlberg (“Transformers: A Era da Extinção”), Robert De Niro (“O Lado Bom da Vida”) e até Scarlett Johansson (“Os Vingadores”) em incontáveis versões atrás.

O filme se arrasta para sair do papel desde 2010. A primeira versão do roteiro foi escrita por Thomas Dean Donnelly e Joshua Oppenheimer (dupla dos péssimos “Dylan Dog e as Criaturas da Noite” e “Conan, o Bárbaro”), jogada no lixo e substituída por novo texto do casal Marianne e Cormac Wibberley (“A Lenda do Tesouro Perdido”) e, antes da última “mudança de direção criativa”, havia um terceiro roteiro aprovado, de autoria de Mark Boal (“A Hora Mais Escura”)

A história do game acompanha as aventuras do arqueólogo Nathan Drake, que segue as pistas do seu antepassado Sir Francis Drake para encontrar relíquias místicas ao redor do mundo. O roteiro anterior, de Boal, mostrava o personagem em busca da cidade de El Dorado, mas para chegar lá ele precisaria competir com mercenários e criaturas mutantes que defendem o local. Esta versão do filme chegou a ganhar data de lançamento: em março deste ano, o que obviamente não aconteceu.

Além de um diretor, a Sony está buscando um protagonista e ainda não agendou o início das filmagens nem uma nova data de estreia.