Círculo de Fogo 2: Charlie Hunnan diz que não participará da continuação

A continuação de “Círculo de Fogo” não contará com o protagonista do filme original. Em entrevista para a MTV, o ator Charlie Hunnam revelou que não deverá participação das novas filmagens, devido a conflito em sua agenda.

“Estive envolvido até certo ponto do desenvolvimento da sequência, mas então houve uma mudança de propriedade do próprio estúdio, Legendary, por conta de uma parceria com uma empresa chinesa. E como o filme foi bem sucedido na China, isso causou uma antecipação de planos, para que se iniciasse a produção o mais rápido possível”, disse Hunnam. “Mas e eu já estava com compromissos assumidos, justamente no período que eles pretendem filmar”.

Estrelado por Charlie Hunnam, Rinko Kikuchi e Idris Elba, o primeiro “Círculo de Fogo” (2013) mostrava a guerra da humanidade contra criaturas monstruosas (conhecidas como Kaijus), e rendeu US$ 411 milhões ao redor do mundo, um faturamento baixo considerando seu orçamento de US$ 190 milhões. Entretanto, seu maior sucesso aconteceu na China, o que realmente explica o interesse em retomar a franquia, agora com coprodução chinesa.

Do trio de protagonistas, apenas o personagem de Idris Elba morreu em cena. Tanto que a sequência, passada vários depois do elenco do filme original, incluirá seu filho, interpretado por John Boyega (“Star Wars: O Despertar da Força”). O elenco também inclui Scott Eastwood (“Esquadrão Suicida”) e trará de volta Max Martini e Ron Pearlman, vistos no original.

Ainda há pouca informação sobre a sequência, cujo roteiro vem sendo mantido em segredo. Intitulada, em inglês, “Pacific Rim: Maelstrom”, a sequência foi escrita pelos criadores do filme original, Travis Beacham e Guillermo Del Toro, com auxílio de feras da sci-fi, como Derek Connolly (“Jurassic World”) e Jon Spaihts (“Prometheus”).

A produção marcará a estreia de Steven S. DeKnight como diretor de cinema. Ele é um roteirista e produtor veterano de séries cultuadas, desde “Buffy – A Caça-Vampiros” em 2000, passando por “Smallville”. Foi também criador da série “Spartacus” e showrunner da 1ª temporada de “Demolidor”, da qual dirigiu o episódio final.

“Pacific Rim: Maelstrom” tem estreia marcada para 23 de fevereiro de 2018 nos EUA.