Desculpe o Transtorno: Gregório Duvivier vira o Médico e o Monstro do besteirol brasileiro em trailer

A Buena Vista International divulgou o pôster e o novo trailer de “Desculpe o Transtorno”, besteirol brasileiro estrelado por Gregório Duvivier (“Porta dos Fundos: Contrato Vitalício”). Trata-se de mais uma variação de história clássica convertida para o humor genérico brasileiro, como na época das chanchadas. Desta vez, uma brincadeira sobre “O Médico e o Monstro”, que pelo protagonismo de Duvivier poderia ter graça se rebatizado de “O Coxinha e o Mortadela”. As roteiristas, no entanto, preferem resumir o dilema do personagem como “Raquel e Ruth no mesmo corpo”, numa referência para quem se lembra de novelas dos anos 1990.

Na trama, Duviver sofre de transtorno de personalidade múltipla. Ele vai dormir como Eduardo, que trabalha de terno e gravata, tem bom padrão de vida e gosto ascético, e acorda como Duca, que o trailer só mostra se divertindo, descabelado e sem realizar nada. E assim sucessivamente, até que cada uma das personalidades se apaixona por uma mulher diferente: Dani Calabresa (“Superpai”) e Clarice Falcão (“Primeiro Dia de um Ano Qualquer”). O detalhe é que ninguém do ciclo de amizades e de trabalho do transtornado percebe o que acontece até ele confessar seu problema, confirmando a falta de inteligência que afeta as comédias brasileiras.

O filme já está pronto há bastante tempo – o primeiro trailer tem mais de um ano. O roteiro é de Adriana Falcão e Tatiana Maciel, que escreveram juntas outro besteirol romântico, “Fica Comigo Esta Noite” (2006), no começo da tendência. Já a direção é de Thomas Portella, que retorna ao humor de sua estreia, “Qualquer Gato Vira-Lata” (2011), após exercitar os clichês do terror em “Isolados” (2014) e mostrar bom trabalho no policial “Operações Especiais” (2015).

“Desculpe o Transtorno” chega aos cinemas em 15 de setembro.