Ator de O Senhor dos Anéis será vilão da série Punho de Ferro

O ator australiano David Wenham, que ficou conhecido ao interpretar o herói Faramir na trilogia “O Senhor dos Anéis”, entrou no elenco de “Punho de Ferro”, nova série da Marvel em desenvolvimento para o Netflix.

Ele vai viver o vilão da trama, Harold Meachum, um impiedoso homem de negócios, ex-sócio e responsável pelas mortes dos pais de Daniel Rand, o Punho de Ferro, que na série será interpretado por Finn Jones (o Loras Tyrell de “Game of Thrones”).

Nos quadrinhos, os destinos de herói e vilão são bastante interligados. Meachum não é apenas o principal antagonista das primeiras histórias do Punho de Ferro. Ele teve papel decisivo na origem do personagem, participando da tragédia que o deixou órfão e abandonado ainda criança numa cidade perdida, K’un-Lun, que aparece somente uma vez a cada dez anos no Himalaia.

Na história escrita em 1974 por Roy Thomas e desenhada por Gil Kane, o jovem Daniel Rand cresceu neste local secreto, aprimorando o poder que torna seu punho capaz de atravessar as superfícies mais resistentes. Ao atingir a maioridade e voltar aos EUA, ele busca vingança contra Meachum, aliando-se a personagens como a ex-policial Misty Knight, a especialista em artes marciais Colleen Wing e o superforte Luke Cage.

Luke Cage (Mike Colter) já foi apresentado na série “Jessica Jones” e ganhará uma série própria em setembro, que, por sua vez, introduzirá Misty Knight, com interpretação de Simone Missick (vista em “Ray Donovan”). Por fim, Colleen Wing será vivida por Jessica Henwick (Nymeria Sand em “Game of Thrones”).

A adaptação televisiva está sendo desenvolvida pelo produtor-roteirista Scott Buck, showrunner das séries “Dexter” e “A Sete Palmos” (Six Feet Under).

“Punho de Ferro” deve começar a ser gravado nos próximos dias para lançamento em 2017, em data ainda não anunciada.

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

Back to site top
Change privacy settings