Zootopia registra maior bilheteria de estreia da Disney nos EUA



A estreia da animação “Zootopia – Essa Cidade é o Bicho” superou as expectativas da Disney. O filme assumiu o 1º lugar das bilheterias americanas com a maior abertura do estúdio em todos os tempos – sem contar as produções da Pixar – , faturando US$ 73,7 milhões em seu primeiro fim de semana em cartaz. O recorde anterior pertencia a “Frozen – Uma Aventura Congelante”, com US$ 67,3 milhões.

O filme dos animais falantes também lotou cinemas ao redor do planeta, arrecadando US$ 25 milhões na China, igualmente a maior abertura de uma animação da Disney no país. Ao todo, a produção somou US$ 232,5 milhões em todo o mundo, liderando também a bilheteria mundial no fim de semana.

Além disso, “Zootopia” proporcionou uma daquelas raras ocasiões em que público e crítica compartilharam a mesma opinião. A pesquisa da CinemaScore rendeu nota A à produção, de completa satisfação entre seus espectadores, enquanto o site Rotten Tomatoes registrou 98% de aprovação entre os críticos americanos. A estreia no Brasil está marcada para 17 de março.

Com menos impacto, o thriller de ação “Invasão à Londres” rendeu US$ 21,7 milhões e a segunda maior bilheteria do fim de semana. Mas o desempenho do lançamento ficou abaixo do primeiro longa, “Invasão à Casa Branca” (2013), que faturou US$ 30,4 milhões em sua estreia, há dois anos. A crítica, por sinal, fulminou o longa, com apenas 25% de aprovação.

“Deadpool” caiu para o 3º lugar, após liderar as bilheterias por três fins de semana consecutivos. Mas a queda se deu com números espetaculares. A produção ultrapassou os US$ 300 milhões nos EUA. E para dar a medida exata do que isso representa, vale lembrar que em 2014 apenas três filmes superaram esta marca. No ano passado, que foi repleto de blockbusters, foram seis. O detalhe é que esses lançamentos tinham classificação etária livre ou PG-13 (impróprio para menores de 13 anos). A censura de “Deadpool” foi R nos EUA (impróprio para menores de 17 anos).

A terceira estreia ampla da semana ficou em 4º lugar. Apesar de agradar a crítica (60% de aprovação), “Uma Repórter em Apuros” não encontrou muito público, faturando somente US$ 7,6 milhões, praticamente metade da abertura da comédia anterior estrelada por Tina Fey, “Irmãs” (US$ 13,9 milhões), lançada em dezembro.

Completa o Top 5 o desastre “Deuses do Egito”, que já se configura como um dos maiores prejuízos do ano. Em dois fins de semana, o filme rendeu US$ 22,8 milhões nos EUA. A conta é de US$ 140 milhões apenas com o orçamento de produção – estima-se em mais US$ 40 milhões de gastos em marketing. E a crítica odiou – 13% no Rotten Tomatoes.

BILHETERIA: TOP 10 EUA

1. Zootopia
Fim de semana: US$ 73,7 milhões
Total EUA: US$ 73,7 milhões
Total Mundo: US$ 232,5 milhões

2. Invasão a Londres
Fim de semana: US$ 21,7 milhões
Total EUA: US$ 21,7 milhões
Total Mundo: US$ 21,7 milhões


3. Deadpool
Fim de semana: US$ 16,4 milhões
Total EUA: US$ 311,1 milhões
Total Mundo: US$ 673,2 milhões

4. Uma Repórter em Apuros
Fim de semana: US$ 7,6 milhões
Total EUA: US$ 7,6 milhões
Total Mundo: US$ 7,6 milhões

5. 5. Deuses do Egito
Fim de semana: US$ 5 milhões
Total EUA: US$ 22,8 milhões
Total Mundo: US$ 72,4 milhões

6. Ressurreição
Fim de semana: US$ 3,8 milhões
Total EUA: US$ 28,6 milhões
Total Mundo: US$ 29 milhões

7. Kung Fu Panda 3
Fim de semana: US$ 3,5 milhões
Total EUA: US$ 133,8 milhões
Total Mundo: US$ 323,8 milhões

8. O Regresso
Fim de semana: US$ 3,3 milhões
Total EUA: US$ 175,9 milhões
Total Mundo: US$ 429,4 milhões

9. Voando Alto
Fim de semana: US$ 3,1 milhões
Total EUA: US$ 10,8 milhões
Total Mundo: US$ 10,8 milhões

10. A Bruxa
Fim de semana: US$ 2,5 milhões
Total EUA: US$ 20,9 milhões
Total Mundo: US$ 21,5 milhões



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings