Participação de Jena Malone é cortada de Batman vs. Superman

A participação de Jena Malone (franquia “Jogos Vorazes”) em “Batman vs. Superman – A Origem da Justiça” gerou muito especulação na internet. E, confirmando a futilidade das “fofocas geeks”, todos esse esforço foi à toa. Sua participação foi cordada do filme, informou o site da revista Entertainment Weekly.

O motivo do corte da atriz não foi explicado pela produção. O mais provável é que tenha sido uma decisão de montagem, para diminuir o tempo da projeção, que já estaria longa, com duas horas e meia de duração. Mas também é possível que sua participação envolvesse alguma cena imprópria para a classificação etária PG-13 (para maiores de 13 anos).

Rumores indicavam que Jena viveria Barbara Gordon, filha do Comissário Gordon e identidade secreta da Batgirl, mas algumas pitonisas também cravaram que ela seria Carrie Kelly, a versão feminina de Robin. De todo modo, tratava-se de uma participação irrelevante, como seu corte demonstra.

Ainda é possível que atriz apareça na versão em DVD e Blu-ray do filme. Informações dão conta, inclusive, que “Batman Vs Superman” terá uma versão com censura mais elevada em home video. Se sua participação envolver uma cena mais violenta (como, por exemplo, o ataque que deixou Barbara Gordon tetraplégica nos quadrinhos), poderia até virar destaque no marketing do lançamento em vídeo.

Jena Malone já trabalhou com Zack Snyder no filme “Sucker Punch” (2011) e poderá ser vista a seguir no terror “The Neon Demon”, de Nicolas Winding Refn (“Drive”), previsto para 18 de agosto.

“Batman vs. Superman – A Origem da Justiça” estreia no Brasil em 24 de março.