Game of Thrones: Trailer violento revela rumos da 6ª temporada

O canal pago HBO divulgou o primeiro trailer completo da 6ª temporada de “Game of Thrones”, que revela os rumos da trama, apresentando cenas violentas e impactantes. A prévia confirma que Sansa (Sophie Turner) e Theon (Alfie Allen) sobreviveram à queda da torre de Winterfell, Daenerys (Emilia Clarke) foi escravizada pelos dohtraki e Arya (Maisie Williams) realmente ficará cega.

E isso é só o aperitivo, como demonstra a volta de Jamie (Nikolaj Coster-Waldau), que inspira Cersei (Lena Headey) a partir para a guerra contra os crentes do Alto Pardal (Jonathan Pryce), numa luta para retomar o controle de Porto Real. Há também um encontro assustador entre Bran (Isaac Hempstead Wright) e o líder dos Caminhantes Brancos. Entretanto, como não poderia deixar de ser, o começo e o fim do vídeo dedicam-se ao destino de Jon Snow (Kit Harington).

Como o próprio Harington já havia dito, ele aparece como um cadáver, deixando claro, para encerrar as discussões, que Jon Snow está morto. Mesmo assim, a cena final, em que Sor Davos (Liam Cunningham) desembainha sua espada para defender cadáver dos traidores da Patrulha da Noite, alimenta a teoria favorita dos fãs da série: de que Jon Snow será ressuscitado pela Bruxa Vermelha Melissandre (Carice van Houten). É dela, por sinal, a frase mais importante do trailer: “A grande vitória que eu vi nas chamas. Aquilo tudo era uma mentira”. Será?

Tudo isso ao som de um cover acústico de “Wicked Game”, sucesso de Chris Isaak nos anos 1980, regravado por James Vincent McMorrow.

Para saber o que realmente vai acontecer na nova temporada, será preciso esperar até 24 de abril, quando está prevista a estreia dos novos capítulos – os primeiros que serão exibidos sem spoilers literários, já que o enredo ultrapassou a trama conhecida nos livros de George R. R. Martin.

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

Back to site top
Change privacy settings