Angelina Jolie é indicada pela segunda vez ao Globo de Ouro como diretora de Filme Estrangeiro

Angelina Jolie é indicada pela segunda vez ao Globo de Ouro como diretora de Filme Estrangeiro

 

Queridinha da Associação de Imprensa Estrangeira em Hollywood, Angelina Jolie conquistou sua segunda indicação na categoria e Melhor Filme Estrangeiro do Globos de Ouro com seu drama “First They Killed My Father”, qualificado como produção do Camboja. O drama de Netflix também é o representante do país na busca de uma indicação ao Oscar 2018 de Melhor Filme de Língua Estrangeira.

A estreia de Angelina como diretora, “Na Terra de Amor e Ódio” (2011), já tinha disputado o Globo de Ouro nesta categoria, mas foi considerado inelegível para o Oscar. O Globo de Ouro não tem a mesma preocupação da Academia com a origem da produção, e até já premiou Clint Eastwood por seu “filme japonês” “Cartas de Iwo Jima” (2006).

“First They Killed My Father” vai disputar o Globo de Ouro com o chileno “Uma Mulher Fantástica”, o alemão “Em Pedaços”, o russo “Loveless” e o sueco “The Square”. Mas a lista deixou de fora o francês “128 Batimentos por Minuto”, considerado um dos favoritos ao Oscar da categoria.

Angelina Jolie já venceu três Globos de Ouro como atriz: pelos telefilmes “George Wallace” (1997) e “Gia” (1998) e pelo filme “Garota, Interrompida” (1999), que também lhe rendeu o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna