Estrela de The Good Wife vai estrelar série de comédia de feminismo radical

Estrela de The Good Wife vai estrelar série de comédia de feminismo radical

 

Julianna Margulies vai estrelar uma nova série. Estrela de “The Good Wife”, que acabou no ano passado, a atriz protagonizará “Dietland”, comédia de humor negro do canal pago AMC.

Baseada no livro homônimo de Sarai Walker, a série gira em torno de uma mulher com obesidade mórbida chamada Plum Kettle, que se junta a dois grupos feministas radicais. Um deles usa táticas de guerrilha para atacar a indústria de cosméticos e o outro, ainda mais radical, mutila e mata homens que machucam mulheres. A 1ª temporada terá dez episódios e irá investigar se Plum está sofrendo lavagem cerebral para se tornar uma assassina.

O papel de Margulies será o de Kitty Mongomery, uma ambiciosa editora de revista que vê seus amigos virarem alvo da organização terrorista feminista. Segundo a sinopse divulgada, ela será “sugada por um ciclo de notícias aterradoras e não poderá mais contar com o poder da mídia tradicional, devendo, em vez disso, participar de um jogo totalmente novo de manipulação, onde não há regras”.

Já Plum Kettle será vivida por Joy Nash (vista num episódio do revival de “Twin Peaks”).

A atração foi desenvolvida por Marti Noxon, criadora de “UnReal” e “Girlfriends’ Guide to Divorce”, que começou a carreira há 20 anos, escrevendo episódios de “Buffy – A Caça-Vampiros”.

O projeto é resultado de uma nova prática do AMC, que pretende mudar o paradigma da produção de séries. Em vez de pagar atores, diretores, equipe técnica e demais despesas de um piloto para avaliar se aprova uma nova atração, o canal decidiu concentrar seu investimento na encomenda de vários roteiros de cada projeto, de modo a ter uma noção mais clara de onde a série pode chegar.

“Dietland” passou por esse processo e foi aprovado sem precisar do piloto. A estreia é prevista para 2018.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.