Revelada a causa da morte de Carrie Fisher

Revelada a causa da morte de Carrie Fisher

 

A causa da morte da atriz Carrie Fisher foi confirmada pelo necrotério do condado de Los Angeles na sexta-feira (16/6). Segundo o relatório do legista, a atriz teria morrido por causa de apneia durante o sono e por outros fatores indeterminados, inclusive o uso de drogas.

O médico também disse que Fisher sofria de Aterosclerose (Acúmulo de gorduras, colesterol e outras substâncias nas paredes das artérias) e “usava drogas”, mas nenhum dado específico foi dado. Apesar disso, a agência de notícias Associated Press afirma que Fisher tomou múltiplos medicamentos antes de sua morte.

A atriz Billie Lourd, filha de Carrie Fisher, comentou o laudo médico em comunicado à revista People, no qual abordou a luta de sua mãe contra as drogas e problemas mentais.

“Minha mãe lutou contra a dependência de drogas e doenças mentais durante toda a vida. Ela finalmente morreu disso. Ela sempre foi aberta em todo o seu trabalho sobre os estigmas sociais envolvendo essas doenças. Ela falou sobre a vergonha que atormenta as pessoas e suas famílias confrontadas por essas doenças. Eu conheço minha mãe, ela gostaria que sua morte encorajasse as pessoas a se abrirem sobre suas lutas. Procure ajuda, lute pelo financiamento do governo para programas de saúde mental. A vergonha e os estigmas sociais são inimigos do progresso para soluções e de uma cura. Te amo, Momby. “

A morte de Carrie Fisher aconteceu após um ataque cardíaco no final do ano passado. Ela estava viajando de Londres para Los Angeles no dia 23 de dezembro, quando teve uma parada cardíaca. Levada a um hospital ao pousar, veio a falecer no dia 27 de dezembro, um dia antes de sua mãe, Debbie Reynolds, que não suportou a perda da filha.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.