Emma Watson se diz surpresa por acharem que ser feminista é não ter seios

Emma Watson se diz surpresa por acharem que ser feminista é não ter seios

 

O telejornal do Channel 4 disponibilizou o vídeo da entrevista de Emma Watson, em que ela reage aos críticos que a acusaram de trair seus ideais feministas ao posar para uma foto sensual. Confira logo abaixo. Vale a pena prestar atenção nas respostas da jovem, que são bastante maduras, fazendo lembrar que, apesar de sua imagem como menina permanecer no imaginário dos fãs de Harry Potter, ela já tem 27 anos e, no auge da fama, optou por se dedicar aos estudos e se formar em Literatura pela Universidade Brown.

“Eu estou surpresa. As pessoas falaram que eu não posso ser feminista e ter seios”, ela disparou, numa frase para ser citada ad infinitum.

Porta-voz da campanha HeForShe, que incentiva homens a defenderem o feminismo, Watson posou para a lente do fotógrafo Tim Walker na nova edição da revista Vanity Fair, num ensaio que incorpora o tema dos contos de fada, tendo em vista o timing de sua participação no filme “A Bela e a Fera” (veja todas as imagens aqui e um vídeo da sessão aqui). A foto que causou a polêmica mostra a atriz vestida com um bolero de crochê branco sem sutiã ou camisa por baixo, deixando os seios à mostra.

“Isso sempre me revela quantas concepções equivocadas e quanto mal-entendido existe sobre o que é o feminismo”, disse a atriz. “Feminismo é sobre dar as mulheres o poder de escolha. Não é uma vara com que se bate em outras mulheres. É sobre liberdade, sobre libertação, sobre igualdade. Realmente não sei o que meus seios têm a ver com isso. É muito confuso.”

Ela também elogiou as fotos de Walker. “Me senti incrivelmente artística. Estou muito feliz porque as fotos ficaram lindas”, revelou. “Mas aí as pessoas começaram a questionar e eu fiquei… ‘Tem alguma controvérsia nisso?'”

“A Bela e a Fera” estreia no Brasil no dia 16 de março.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.