Michael Bay vai produzir sci-fi distópica que mostra os EUA falidos e comprados pela China

Michael Bay vai produzir sci-fi distópica que mostra os EUA falidos e comprados pela China

 

O cineasta Michael Bay, responsável pela franquia “Transformers”, vai produzir uma sci-fi distópica que mostrará os EUA falidos, levados à ruína após o governo de um presidente incompetente.

Intitulado “Little America”, o filme foi escrito por Rowan Athale e oferecido em leilão para vários estúdios. A Universal acabou comprando a produção em parceria com Bay, na condição de que o próprio Athale a dirigisse. Ele tem apenas um longa-metragem no currículo, o thriller de baixo orçamento “Wasteland” (2012).

Na trama, a situação econômica dos EUA é tão caótica que a China acaba tomando o controle do país, ao comprar suas principais empresas. Com isso, muitos cidadãos americanos viajam ao gigante asiático à procura de empregos.

Mas esse verniz que sugere uma crítica ao governo de Donald Trump, não passa de pretexto para mais um plágio disfarçado de “Fuga de Nova York” (1981), já que toda esta distopia serve de pano de fundo para que um ex-militar de elite dos EUA seja contratado por um bilionário chinês para entrar em um gueto americano e resgatar sua filha.

Vale lembrar que o diretor de “Fuga de Nova York”, John Carpenter, recentemente venceu uma ação de plágio contra Luc Besson por uma história similar, “Sequestro no Espaço” (2012).

“Little America” ainda não tem previsão de estreia. Enquanto isso, “Transformers: O Último Cavaleiro”, próximo filme de Michael Bay, chega ao Brasil em 22 de junho.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna