Adiamento de Star Wars: Episódio VIII causa efeito dominó nas estreias de 2017

Adiamento de Star Wars: Episódio VIII causa efeito dominó nas estreias de 2017

 
 

O adiamento de sete meses na estreia de “Star Wars: Episódio VIII”, anunciado na quarta-feira (20/1) pela Disney, causou um efeito dominó no calendário dos lançamentos de Hollywood. Com a saída de “O Despertar da Força” do verão americano de 2017 – seria lançado em 26 de maio de 2017, mas agora só chegará em 15 de dezembro – , vários filmes mudaram de data, buscando se beneficiar da menor concorrência.

A primeira mudança foi anunciada pela própria Disney, que deslocou “Piratas do Caribe: Os Mortos Não Contam Histórias” para a data desocupada por “Star Wars”. O quinto filme da franquia estrelada por Johnny Depp, que iria chegar aos cinemas em julho, agora estreará em 26 de maio de 2017.

Com isso, o novo “Homem-Aranha”, originalmente programado para 28 de julho, agarrou a data disponibilizada pelos “Piratas”, antecipando seu lançamento em duas semanas, para 7 de julho. O filme marcará a estreia da parceria entre a Sony e a Marvel, trazendo Tom Holland no papel principal.

No lugar do “Homem-Aranha”, em 28 de julho, a Sony acomodou a nova versão de “Jumanji”, tirando a produção de perto de “Star Wars: Episódio VIII”. A data anterior do remake da aventura estrelada por Robbin Williams era 25 de dezembro. Com isso, a produção precisará acelerar seu ritmo e contará com menos tempo para realizar seus efeitos visuais.

Por fim, “Baywatch”, o filme baseado na série “SOS Malibu”, produzido pela Paramount, foi encaixado em 19 de maio, uma semana antes de “Piratas do Caribe” – data anteriormente reservada para a continuação de “O Exterminador do Futuro: Gênesis”, que saiu do calendário.

Uma última mudança ainda está sendo esperada. A nova data escolhida por “Star Wars: Episódio VIII” é a mesma reservada para “Ready Player One”, a volta de Steven Spielberg à sci-fi. Ainda não houve manifestação da DreamWorks e da Warner Bros., mas enfrentar “Star Wars” não deve agradar nenhum dos envolvidos.

Mais Pipoca

 

Wilson Vianna é jornalista, cinéfilo e fã de séries, mas se diverte mesmo é com celebridades que se levam a sério.