Novo filme do diretor de O Expresso do Amanhã será produzido por Brad Pitt e Netflix

Novo filme do diretor de O Expresso do Amanhã será produzido por Brad Pitt e Netflix

 

O cultuado diretor sul-coreano Joon-ho Bong, que fez sua estreia em inglês com a sci-fi “O Expresso do Amanhã” (2013), vai voltar aos filmes de monstros, retomando o tema de seu clássico “O Hospedeiro” (2006), em seu próximo lançamento. O detalhe é que “Okja” será produzido pela Plan B Entertainment, a produtora do astro Brad Pitt, em parceria com o serviço de streaming Netflix.

Em comunicado, Joon-ho Bong contou que “Okja” não será uma história tradicional de monstros, ao trazer a amizade entre uma garota e uma criatura, e para contá-la precisava de liberdade criativa e um grande orçamento. “É uma oportunidade fantástica para mim como cineasta. Para ‘Okja’, eu preciso de um orçamento grande igual ao ‘Expresso do Amanhã’ e completa liberdade criativa. A Netflix me ofereceu essas duas condições, que são difíceis de serem obtidas no mesmo tempo”, explicou o cineasta.

Assim como em “O Expresso do Amanhã”, a produção misturará atores sul-coreanos com um elenco ocidental, destacando Tilda Swinton (“O Expresso do Amanhã”), Jake Gyllenhaal (“Evereste”), Paul Dano (“Love & Mercy”) e Bill Nighy (“Questão de Tempo”).

“Okja” será a segunda produção oriental financiada pelo Netflix, após produzir o vindouro “O Tigre e o Dragão 2”, que estreia em fevereiro. O novo filme de Joon-ho Bong começa a ser filmada na Coreia do Sul e nos EUA a partir de abril, com o lançamento previsto para a primeira metade de 2017.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna