BBB | O que é “calabreso”? Bin Laden distorce palavra para acusar Davi de gordofobia

Depois da treta com Davi na madrugada desta quinta (1/2) no “BBB 24”, Bin Laden resolveu acusar o baiano de gordofobia por chamar Lucas “Buda” Henrique de “calabreso”. Lucas indicou conhecer a […]

Divulgação/Globo

Depois da treta com Davi na madrugada desta quinta (1/2) no “BBB 24”, Bin Laden resolveu acusar o baiano de gordofobia por chamar Lucas “Buda” Henrique de “calabreso”.

Lucas indicou conhecer a origem do termo ao introduzir o assunto no quarto Gnomo para mostrar que Davi não tinha maturidade. “Olha como ele é infantil: ‘calabreso, calabreso’.”

Wanessa quis saber: “O que significa isso?” Lucas tentou explicar: “É uma p*rra da internet, de…”. Mas Bin Laden se meteu: “Tá ofendendo o moleque. Tá xingando ele porque é gordo. Eu recebi o apelido de calabreso porque sou gordo. Vou logo jogar a real mesmo!”

“É isso mesmo?”, insistiu Wanessa Camargo. “Eu não sei o que significa”, assumiu Lucas.

A palavra viralizou após a discussão. “Calabreso” foi parar nos tópicos mais comentados do X (antigo Twitter) e continuou rendendo a noite toda na casa mais vigiada do Brasil.

 

O que é Calabreso?

A palavra faz parte de um bordão criado pelo comediante Toninho Tornado, rei das pegadinhas de João Kleber, que faz sucesso no YouTube inventando gírias para falar com estranhos, enquanto se passa por um truta da quebrada. Nos vídeos, ele usa “calabreso” para falar com pessoas magras. O bordão é “Calma, Calabreso”, quando a pessoa que ele irrita fica nervosa. Ele costuma transformar palavras femininas em masculinas para tirar as pessoas do sério, chamando desconhecidos, por exemplo, de “hemorroido”, “xilocaíno” e até “Ludmillo”.

Antes de entrar no “BBB 24”, o próprio Bin Laden usou a palavra em seus Stories, num vídeo em que distribuía uma série de apelidos para seus amigos, demonstrando saber que “calabreso” não era ofensivo. Ele ainda cita “caga sangue” e “caga tronco” nos apelidos, palavras também usadas por Toninho Tornado nas pegadinhas, reforçando conhecer o repertório do humorista.

 

Fez o sonso

Na casa mais vigiada do Brasil, Bin Laden se fez de sonso, forçando o sentido que quis dar à palavra, para colocar todos contra Davi.

Puxadinhos e fadas se reuniram no quarto rosa para questionar Davi, que não sabia o que era “calabreso”. “Não se faz de desentendido, responde”, interrogou Giovanna Lima em tom de delegada. Ele tentou se defender dizendo que a palavra era inofensiva, um modo de tratar as pessoas, “uma resenha que tem lá em Salvador”, possivelmente sem saber a origem do linguajar nos vídeos de Toninho Tornado.

Michel Nogueira insistiu: “Você chamou ele de calabreso por causa de gordo?”. Davi negou, mas recebeu uma descompostura geral, com destaque para a voz mais alta de Giovanna, embora Matteus Amaral tenha tentado jogar panos na fogueira.

Já no quarto Gnomo, Bin Laden acirrou os ânimos a ponto de trazer Rodriguinho de volta a suas falas problemáticas, afirmando: “A gente tem que quebrar ele [Davi]!” Ao mesmo tempo, Juninho começou a falar para Isabelle que ela tinha que soltar a mão de Davi para não se afundar junto com os erros do brother.

 

Não sustentou

De volta a festa, Bin Laden também foi questionado por Michel sobre o sentido da palavra, já que era ele quem estava espalhando que se tratava de gordofobia. O funkeiro não conseguiu sustentar e mudou o sentido para ver se o outro ficava ainda mais ofendido: “É apelido de homofóbico, já vi isso pra c*ralho”.

Michel percebeu a confusão: “Gordofóbico ou homofóbico? Os dois?”

Então, Bin Laden se entregou, revelando que conhecia os vídeos de Toninho Tornado. “É um bagulho que virou uma piada por causa de um cara aí”. “E ele era gordo, o cara?”, questionou Michel.

O funkeiro se atrapalhou de vez: “Não, hoje é uma gíria, mas antigamente era uma brincadeira com quem era gordo. Eu já fui chamado de calabreso. Hoje, o cara que faz piadinhas na internet chama os outros de calabreso, mas sem maldade”.

Mesmo diante da semi-confissão, Michel seguiu acreditando na fofoca inicial de Bin Laden. “Chamou na raiva, quem chama não raiva não faz brincando”.

Vendo a situação escalar, Bin voltou atrás e disse para o professor: “Não foi ofensa gordofóbica, não foi ofensa gordofóbica, eu entendo isso daí”. Mas o estrago já estava feito. “Claro que foi ofensa, Bin. No momento da raiva, te chamar de calabreso é ofensa, p*rra”, protestou Michel.

Yasmin Brunet tentou entender: “Calabreso não é uma brincadeira inofensiva?” E Bin passou a usar a narrativa de Michel: “É uma brincadeira, por causa de um comediante, mas na hora da raiva você tá ofendendo de quê?” Michel completa: “De gordo”.

“Tem certeza?”, questionou Yasmin. “Eu nunca vi, o Bin falou”, respondeu Michel.

Só que Yasmin demonstrou conhecer a expressão: “É gíria, não é? Calma, calabreso”.

Bin ficou sem graça.

a raiva de bin laden foi:
davi chamando lucas de calabreso pic.twitter.com/4Z6C61f0qZ

— amanda (@iamandabc) February 1, 2024