Divulgação/Netflix

“Stranger Things” não consegue superar “Round 6” na Netflix

A Netflix revelou os últimos números de “Stranger Things 4” no ranking das séries mais assistidas de sua programação. Após cair para o 2º lugar no levantamento passado, a série sci-fi manteve a posição nessa semana, somando mais 57,7 milhões de horas de exibição – o que a deixou novamente atrás do melodrama “Virgin River 4”, visto por 87,9 milhões de horas no topo do ranking semanal.

Somando todos os números anteriores, a produção dos irmãos Duffer foi vista, ao todo, durante 1,35 bilhão de horas. E este volume agora é definitivo. Como a Netflix considera apenas os primeiros 28 dias de disponibilidade para fechar sua contabilidade, “Stranger Things 4” encerrou sua totalização de horas com a audiência da última semana.

Por sinal, a produção americana contou com uma vantagem atípica para chegar a seus números, graças a uma exceção nas regras que permite somar a contabilidade de temporadas divididas em duas partes. Ao somar as partes 1 (lançada em 27 de maio) e 2 (de 1 de julho), o ranking passou a considerar, na verdade, 56 horas de consumo de “Stranger Things 4”, o dobro do tempo disponível para “Round 6” fazer História. E nem assim a produção americana superou a atração sul-coreana.

“Round 6” foi vista durante 1,65 bilhão de horas, em metade do tempo de exibição de “Stranger Things 4”.

Outra diferença entre as duas atrações é sua duração. Enquanto a ameaça de Vecna durou 13 horas, os jogos asiáticos se estenderam por apenas 8 horas ao todo.

Em outras posições, vale observar ainda o sucesso de “Manifest”, que teve suas três temporadas rankeadas entre as 10 séries em inglês mais vistas da Netflix na última semana. Até recentemente disponível em outras plataformas, como a Globoplay no Brasil, “Manifest” foi para a Netflix como parte de um acordo para salvar a produção, que terá sua 4ª e última temporada exibida com exclusividade pela empresa – em data ainda não anunciada.