Instagram/Wolfgang Van Halen

Filho de Eddie Van Halen xinga programa sobre morte do pai

Wolfgang Van Halen, filho do guitarrista da banda Van Halen, revoltou-se com um programa documental que vai explorar os últimos dias da vida de seu pai Eddie, que faleceu aos 65 anos, em outubro de 2020, vítima de um câncer na garganta.

Ele não poupou xingamentos para atacar a produção do Reelz Channel, chamada “Autopsy: The Last Hours of…” (no Brasil, “Autópsia de Famosos”).

“F*da-se Reelz Channel, f*da-se todo mundo que trabalha neste programa e f*da-se você se você assistir. Nojento pra c*ralho tentar glamourizar a morte de alguém por câncer. Patético e sem coração”, ele tuitou.

Também músico, Wolfgang, de 31 anos, é o filho único de Eddie Van Halen com Valerie Bertinelli, ex-esposa do roqueiro.

Em um comunicado, a emissora buscou defender o programa, que, segundo ela, “explora com responsabilidade as circunstâncias da morte de celebridades conhecidas e genuinamente amadas com as quais o público se preocupa imensamente”.

De acordo com a sinopse oficial, o programa que irá ao ar no próximo domingo (5/6) nos EUA, com comentários de um especialista forense, mostrará “todos os detalhes da vida [de Van Halen] para juntar o que mais poderia estar acontecendo em seu corpo, levando à sua morte prematura”. “Se a doença de Eddie, quando detectada precocemente tem taxas de sobrevivência razoáveis, então o que exatamente aconteceu?”, completa a descrição.

Wolfgang fez uma música em homenagem ao pai, “Distance”, que integra o álbum de estreia de sua banda, Mammoth WVH, lançado no ano passado.