Instagram/Paulo Andre Camilo

“BBB 22” está na moda da São Paulo Fashion Week

A São Paulo Fashion Week desta semana abriu sua passarela para muitas top models e celebridades diversas, mas quem conseguiu chamar mais atenção foram quatro integrantes do “BBB 22”. O programa que muitos taxavam de caído acabou caindo literalmente na moda.

O detalhe é que as participações foram, em sua maioria, bastante temáticas, correspondendo às trajetórias dos ex-confinados do reality show.

No primeiro dia de BBB na SPFW, durante a quinta-feira (2/6), quem marcou presença foram o atleta Paulo André Camilo e a professora Jessilane Alves, fazendo suas estreias como modelos.

Acostumado a representar o Brasil em competições, P.A. vestiu a grife Misci, que prestou homenagem à mãe brasileira e aos símbolos nacionais com a coleção EVA – Mátria Brasil. Em sua estreia nas passarelas, o campeão das pistas se apresentou ao lado de ninguém menos que a top model Carol Trentini.

Depois da experiência, ele escreveu no Instagram que estava “pronto para o próximo desafio”. “Seguimos!”, acrescentou.

Também debutante, Jessi participou do desfile da Meninos Reis, marca que dedicou sua apresentação a denunciar o racismo e o genocídio negro no país. Durante sua passagem pelo “BBB”, ela deixou bem claro seu envolvimento com pautas raciais.

“Eu não sou modelo, mas estou muito feliz de ter participado do desfile, principalmente pelo que Meninos Reis representam na moda e toda representatividade que levei comigo na passarela! O desfile é um resgate a minha ancestralidade, é celebração do povo preto! Eu, como professora preta, me senti linda, feliz e leve. Foi incrível”, ela escreveu no Instagram.

Na sexta (3/6) foi a vez do surfista Pedro Scooby e da miss Eslovênia Marques.

Scooby, que é casado com a modelo Cíntia Dicker, já tinha uma pequena experiência. Depois de desfilar duas vezes para Ricardo Almeida, ele se apresentou pela primeira vez na SPFW pela Silverio Brand, de Rafael Silverio, num traje preto sem camisa, que destacou suas tatuagens peitorais. A marca é feminina, mas não se limita a gênero, criando itens que buscam a desconstrução masculina.

“É uma grande responsabilidade e que me deixa muito feliz em poder participar de um projeto tão valioso para a moda, além de poder, como surfista, representar o esporte também”, ele declarou em entrevista à revista GQ.

A ironia é que Eslô, a única modelo profissional do “BBB 22”, não entrou na passarela. Ela, entretanto, usou um vestido exclusivo de Walério Araújo, “desfilando” na chegada e na primeira fila da apresentação do estilista pernambucano – com mais três ex-BBBs: o namorado Lucas Bissoli e o casal Laís Caldas e Gustavo Marsengo. A roupa, inclusive, foi inspirada na bandeira de Pernambuco. E a ex-BBB aproveitou essa pequena participação lateral melhor que os colegas, ao usar a visibilidade para lembrar da situação do estado após as últimas chuvas.

“Que honra poder estar vestindo o orgulho que eu sinto pelo meu estado do coração, o estado que eu acolhi e que me sinto pertencente. Representar Pernambuco, com um vestido do Walério Araújo, um pernambucano forte e que leva o nome do nosso estado para onde vai, é indescritível”, ela escreveu no Instagram.

Em seguida fez um apelo por solidariedade.

“Pernambuco é cultura, é acolhimento, e sobretudo, Pernambuco é paixão. Somos bairristas sim, amamos o nosso estado e queremos vê-lo prosperar a cada dia, queremos vê-lo sendo cuidado como deve ser e que os pernambucanos tenham motivos para sorrir todos os dias, afinal, a alegria desse povo não pode cessar por descaso e irresponsabilidade em relação às fortes chuvas, que estão destruindo sonhos e famílias todos os anos, então essa produção de hoje também é um PEDIDO DE AJUDA!”, Eslô acrescentou, concluindo com uma exaltação. “Pernambuco vive, Pernambuco viverá. Hoje, amanhã e sempre!”.