Divulgação/Disney

Novo “Piratas do Caribe” está em desenvolvimento sem Johnny Depp

O megaprodutor Jerry Bruckheimer, responsável de “Piratas do Caribe”, revelou que está desenvolvendo mais dois filmes da franquia. E que o ator Johnny Depp, intérprete de Jack Sparrow, não deve participar da produção.

Depp protagonizou todos os filmes até então, mas suas problemas começaram a vir à tona durante o último longa, “Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar”, lançado em 2017. Além de complicações legais na Austrália, onde o longa foi filmado, e uma ida de emergência a um hospital após amputar um dedo, supostamente durante uma briga com Amber Heard, o filme fracassou nas bilheterias e fez a Disney desistir engavetar os planos de realizar uma nova continuação.

Em entrevista à edição dominical do jornal britânico The Times, Bruckheimer revelou que deseja lançar um reboot da franquia centrado numa nova personagem, de preferência interpretada por Margot Robbie (a Arlequeina de “O Esquadrão Suicida”).

“Estamos conversando com Margot Robbie. Estamos desenvolvendo dois roteiros de ‘Piratas’ – um com ela, outro sem”.

Questionado se a trama envolveria Depp, ele descartou a participação do ator “neste momento”. Mas acrescentou: “O futuro ainda está para ser decidido”.

A notícia de que Margot Robbie protagonizaria um filme da franquia é de 2020. Na ocasião, a roteirista responsável pela história era Christina Hodson, com quem a atriz trabalhou em “Aves de Rapina”.

Na época, também foi informado que Bruckheimer trabalhava com um segundo roteiro com outros personagens, escrito pelo roteirista original de “Piratas do Caribe”, Ted Elliott, em parceria com o criador de “Chernobyl”, Craig Mazin.