Divulgação/Multishow

Família e amigos homenagem Paulo Gustavo no aniversário da morte

O aniversário de um ano da morte de Paulo Gustavo por covid-19 rendeu muitas homenagens nas redes sociais. Mas foi a mãe do artista, Déa Lúcia Amaral, quem melhor resumiu a falta que ele faz.

“Não é verdade que tudo passa… Tem coisas que ficam dentro de nós para sempre”, ela publicou no Instagram.

O viúvo do ator, Thales Bretas, também se manifestou, usando muitas palavras para expressar sua dor.

“Hoje completa um ano que meus sonhos e projetos tiveram um freio de mão puxado bruscamente. Em 2021, em meio à pandemia de covid, vivi a partida do meu marido, companheiro de vida, pai dos meus filhos, com o qual passei muitos dos meus melhores momentos, realizei os meus maiores sonhos e idealizei tantas coisas por muitos e muitos anos ainda por vir”, ele desabafou, em um longo texto publicado em seu Instagram.

“Não há como negar a sensação de que um pedaço de mim foi arrancado precocemente. Principalmente tendo sido vítima de um vírus para o qual já haviam desenvolvido vacinas que estavam sendo aplicadas pelo mundo”, acrescentou.

E após falar sobre seu processo de luto, agradeceu o tempo em que pôde conviver com o marido. “A nossa experiência, aqui na Terra, é passageira e imprevisível, e com o PG aprendi a viver o presente, o hoje como se não houvesse amanhã, sem precisar ser inconsequente! Obrigado, meu amor, por me fazer tão feliz e me deixar um presente (dois) e um futuro tão lindos!”, concluiu.

A comediante Tata Werneck também publicou um texto em tom de saudade. “Eu sonho com você quase todo dia”, disse, imaginando a reação do amigo. “Você deve estar satisfeito por ver tanta gente que te ama. Deve estar p*to por ver gente que não era amiga se fazendo. Deve estar bolado quando alguém posta foto sua que você acha que não saiu bem”, escreveu.

Regina Casé resgatou um vídeo do dia em que o humorista levou sua mãe ao programa “Esquenta”. “Dia de chorar a sua falta, mas, principalmente, de celebrar sua existência!”, acrescentou na legenda. “Que honra a nossa termos convivido com esse cara maravilhoso, assistido de pertinho o espetáculo que foi sua vida”.

Fabio Porchat também buscou um vídeo de um bate-papo com Paulo Gustavo para escrever ao lado: “Que loucura… Mais um dia em que eu preciso me convencer de que é verdade. Paulo Gustavo não está mais aqui. Eu sei que ele está, mas ele não está. Não era pra ser assim. Rir é resistir seguir em frente, Paulo Gustavo pra sempre”.

Samantha Schmütz comentou uma foto em que aparece andando com o amigo: “Paulo… são tantas coisas que gostaria de dizer, que resolvi apenas agradecer pela oportunidade de caminhar ao seu lado por muitos anos da minha vida…”.

Cacau Protásio lembrou como a presença do comediante deixava o trabalho leve. “A gente não trabalhava, a gente se divertia”.

Fiorella Mattheis postou a última foto que tirou ao lado do colega de “Vai que Cola”. “Nunca poderia imaginar isso…”

E muitos outros se emocionaram, lamentaram e comemoraram o comediante nesta quarta (4/5), enquanto aguardam a principal homenagem: a derrubada no Congresso do veto de Jair Bolsonaro à Lei Paulo Gustavo, cuja votação está prevista para a manhã de quinta-feira.