Divulgação/Marvel

“Doutor Estranho 2” supera “Batman” como maior bilheteria de 2022

“Doutor Estranho no Multiverso da Loucura” não teve problemas para ficar no topo das bilheterias da América do Norte em seu terceiro fim de semana. O filme da Disney/Marvel fez mais US$ 31,6 milhões entre sexta e domingo (22/5) nos EUA e Canadá, chegando a um total doméstico de US$ 342,1 milhões, de acordo com dados da consultoria Comscore.

Somando o mercado internacional, a produção chegou a US$ 803,2 milhões arrecadados em todo o mundo, consagrando a produção como a maior bilheteria de 2022 e a segunda maior de toda a era da pandemia.

Nesta corrida milionária, o super-herói da Marvel superou o super-herói da DC, “Batman”, que liderava a arrecadação anual com US$ 768,5 milhões em todo mundo. Também passou James Bond. Lançado no ano passado, “007 – Sem Tempo para Morrer” fez US$ 774,2 milhões globais e agora ficou em 3º lugar no ranking da pandemia.

Mas mesmo com todo o seu sucesso, o segundo “Doutor Estranho” ainda contabiliza US$ 1 milhão a menos que o líder da era pandêmica, “Homem-Aranha: Sem Volta para Casa”, responsável pelo faturamento de US$ 1,8 bilhão em bilheteria mundial desde seu lançamento em dezembro passado.

A estreia de “Downton Abbey: Uma Nova Era” nos EUA garantiu o 2º lugar doméstico, com praticamente metade da bilheteria do super-herói, US$ 16 milhões em 3.815 telas. Apesar de bem avaliado pela crítica (85% de aprovação no Rotten Tomatoes), a produção tem um público-alvo mais velho que ainda não voltou aos cinemas com a mesma força dos jovens, temendo as novas variações do coronavírus.

Lançado no Brasil em 28 de abril, a adaptação da série sobre a aristocracia britânica do começo do século 20 mal marcou presença no Top 10 nacional – abriu em 8º e já sumiu de cartaz. Em todo o mundo, o longa soma US$ 51,7 milhões.

A animação “Os Caras Malvados” e o infantil “Sonic: O Filme 2” ocupam o 3º e o 4º lugares, respectivamente, com US$ 6,1 milhões e US$ 3,9 milhões no fim de semana.

“Os Caras Malvados” já arrecadou US$ 74,4 milhões no mercado norte-americano e US$ 182,2 milhões em todo o mundo, enquanto “Sonic 2” está se aproximando dos US$ 400 milhões mundiais, ao terminar este domingo com US$ 181 milhões nos EUA e Canadá e US$ 375 globalmente.

A estreia do terror “Men”, novo filme do cineasta Alex Garland (“Ex Machina”) com 75% de aprovação no Rotten Tomatoes, fecha o Top 5 com US$ 3,3 milhões. O lançamento ocorreu em 2.212 cinemas e foi programado para coincidir com sua exibição no Festival de Cinema de Cannes neste fim de semana.

A distribuição internacional da obra de Garland ainda não começou. No Brasil, a estreia está prevista apenas para 1 de setembro.

“Men” é uma produção do estúdio independente A24, que comemorou uma façanha neste fim de semana.

Em 6º lugar, “Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo” juntou mais US$ 3,1 milhões nos últimos três dias para atingir US$ 52,3 milhões domésticos e se tornar a maior bilheteria da história da A24 nos EUA. O filme do multiverso, estrelado por Michelle Yeoh (“Star Trek: Discovery”), superou “Joias Brutas” (2019), drama criminal estrelado por Adam Sandler, que era a joia da empresa com US$ 50 milhões.

Além do sucesso financeiro, a sci-fi indie é uma fenômeno de crítica, com 95% de resenhas positivas no Rotten Tomatoes.

A estreia de “Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo” no Brasil está marcada para 23 de junho.