Divulgação/Marvel

“Doutor Estranho 2” lidera bilheterias mundiais com quase US$ 700 milhões

“Doutor Estranho no Multiverso da Loucura” manteve a liderança das bilheterias mundiais em seu segundo fim de semana em cartaz, atingindo quase US$ 700 milhões em ingressos vendidos.

Entre sexta e este domingo (15/5), a sequência da Marvel arrecadou US$ 61 milhões nos EUA e Canadá, totalizando US$ 291,9 milhões em 10 dias na América do Norte. Os números do fim de semana representam uma queda 67% em relação à abertura de US$ 187 milhões, mesma proporção do recordista “Homem-Aranha: Sem Volta para Casa” após a estreia.

No mercado internacional, o filme do super-herói ganhou outros US$ 83,5 milhões para um total de US$ 396,2 milhões. O que elevou a arrecadação global para US$ 688,1 milhões.

A animação “Os Caras Malvados” manteve o 2º lugar nos EUA com praticamente 10% do faturamento da superprodução da Marvel: US$ 6,9 milhões. O valor eleva seu total norte-americano para US$ 99,3 milhões e para US$ 165,6 milhões em todo o mundo.

“Sonic 2: O Filme” ficou em 3º com US$ 4,6 milhões. A produção da Paramount chegou a US$ 175,7 milhões na América do Norte e US$ 355,2 milhões mundiais.

Única grande estreia da semana, o remake de “Chamas da Vingança” (Firestarter), adaptação de Stephen King que já tinha sido filmada nos anos 1980 (com a então criança Drew Barrymore), queimou-se com uma abertura insignificante em 4º lugar. Com amplo lançamento em 3.412 cinemas, o filme da Universal e da Blumhouse arrecadou apenas US$ 3,8 milhões no mercado doméstico.

O fracasso teve vários padrinhos, desde a decisão do estúdio de fazer uma estreia simultânea em streaming, na plataforma Peacock, até críticas extremamente negativas – apenas 12% de aprovação no Rotten Tomatoes e um C- no CinemaScore, que pesquisa a opinião do público.

A bomba incendiária estreia no Brasil na quinta-feira (19/5).

O Top 5 se completa com a versão indie do multiverso, “Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo” (Everything Everywhere All at Once), que acaba de ganhar título em português e previsão de estreia no Brasil – em 23/6.

Mais bem cotada que “Doutor Estranho no Multiverso da Loucura” entre a crítica norte-americana, com 96% de aprovação no Rotten Tomatoes, a sci-fi do estúdio A24 estrelada por Michelle Yeoh (“Star Trek: Discovery”) fez US$ 3,3 milhões, atingindo um impressionante total doméstico de US$ 71,1 milhões – e com orçamento (US$ 25 milhões) e distribuição (1.726 cinemas) bem menor que a dos blockbusters em cartaz.