Divulgação/Sony Pictures

Diretor de “Homem-Aranha no Aranhaverso” vai comandar nova série de “Star Wars”

Peter Ramsey, que se tornou o primeiro cineasta negro a vencer o Oscar de Melhor Animação por “Homem-Aranha no Aranhaverso”, vai dirigir a série “Ahsoka”, derivada de “Star Wars”, na Disney+.

Revelada pelo site The Hollywood Reporter, a escalação não deixa claro quantos episódios ele vai comandar. As gravações começam em Los Angeles no final deste mês.

A série é centrada em Ahsoka Tano, personagem criada por Dave Filoni na série animada “The Clone Wars”. Ela fez sua primeira aparição live-action na 2ª temporada de “The Mandalorian”, interpretada por Rosario Dawson (“Luke Cage”), que também vai protagonizar a nova atração.

“Ahsoka” está sendo desenvolvida pelo criador da personagem, Dave Filoni, que também é produtor de “The Mandalorian”.

Os detalhes da trama estão sendo mantidos em segredo, mas os episódios devem acompanhar a protagonista viajando de um extremo a outro da galáxia em busca do Grande Almirante Thrawn, um ex-comandante do Império, introduzido pela primeira vez em romances da franquia.

Mary Elizabeth Winstead (“Aves de Rapina”), a ucraniana Ivanna Sakhno (“Círculo de Fogo: A Revolta”) e a australiana Natasha Liu Bordizzo (“The Society”) também integram o elenco, além de Ray Stevenson (“Vikings”) como um vilão misterioso (Thrawn?) e Hayden Christensen, que reprisará seu papel como Anakin Skywalker, mais conhecido como Darth Vader.

A princípio, “Ahsoka” seria ambientada na mesma época de “The Mandalorian” – isto é, cerca de cinco anos após os eventos do filme “O Retorno de Jedi”. Entretanto, este período é posterior à morte de Vader. Como Ahsoka foi padawan de Anakin, é possível que a participação do personagem aconteça por meio de flashbacks, ou que ele volte como um “fantasma da força”.

Mas a série também pode se passar em outro período, mais próximo da trama de “Obi-Wan Kenobi” – entre “A Vingança dos Sith” e “Uma Nova Esperança”.