Divulgação/Searchlight Pictures

Diretor de “Big Little Lies” morreu de ataque cardíaco

A família de Jean-Marc Vallée, que morreu repentinamente em dezembro aos 58 anos, revelou nesta quarta-feira (13/4) a causa do falecimento do diretor canadense dos filmes “A Jovem Rainha Vitória” (2009), “Clube de Compras Dallas” (2013) e “Livre” (2014), além das séries “Big Little Lies” (2017) e “Objetos Cortantes” (2018).

O relatório original do legista, recebido pela família em 31 de dezembro, não estabelecia uma causa exata para a morte do cineasta no dia de Natal, enquanto estava em sua cabana à beira do lago em Quebec, mas afirmava que não tinha sido causada pela intervenção de outra pessoa, nem se tratou de ato voluntário contra a própria vida ou consequência de uma doença conhecida.

Após receber o relatório final, os familiares de Vallée revelaram em comunicado que seu falecimento foi o resultado de “uma arritmia cardíaca fatal secundária à aterosclerose coronariana grave”.

“Depoimentos de amizade, estima e respeito por nosso pai e por seu trabalho ainda continuam a vir de todo o mundo”, acrescentaram seus filhos Alex e Émile Vallée. “Estamos sinceramente gratos e esperamos que sua criatividade continue a servir de inspiração e orientação para as pessoas nesta indústria pela qual ele era tão apaixonado.”