Instagram/International Emmy Awards

Emmy Internacional anuncia boicote de produções russas

A Academia Internacional das Artes e Ciências Televisivas anunciou nesta sexta-feira (25/3) que desclassificará todas as inscrições russas na competição do Emmy Internacional 2022, em protesto contra a invasão militar feita pelo país no território da Ucrânia.

Em comunicado, o Comitê Executivo da premiação afirmou que a decisão “está de acordo com a suspensão de membros da associação e de todos com afiliações formais com empresas sediadas na Rússia”.

A instituição explicou que todos os programas russos serão impedidos de concorrer e as produções que já tenham sido enviadas para consideração ao Emmy serão desclassificadas.

A decisão abrange todos os títulos produzidos ou coproduzidos por estúdios russos ou feitos originalmente para canais, emissoras ou plataformas de streaming russas.

Como parte do boicote à Rússia, Mikhail Solodovnikov, proprietário da T&R Prods e da rede russa RT, foi removido da diretoria da Academia Internacional. Outros membros russos, incluindo a chefe de notícias da RT International, Elizaveta Brodskaya, também tiveram suas filiações suspensas.

Este ano marcará a 50ª edição do Emmy Internacional. O evento do ano passado aconteceu no dia 22 de novembro em Nova York.

A Academia Internacional das Artes e Ciências Televisivas é uma entidade independente da Academia da Televisão, que entrega o prêmio Emmy aos melhores da TV dos EUA. Ela foi fundada em 1969 para reconhecer a qualidade da televisão realizada fora dos Estados Unidos (ou em idioma diferente do inglês nos EUA), e premia as melhores produções internacionais em 16 categorias.