Divulgação/Televisa

Atriz de “Se Nos Deixam” acusa par romântico de agressão

A novela mexicana “Se Nos Deixam”, exibida pelo SBT, também rende drama na vida real. A produção virou alvo de polêmica após a atriz Isabel Burr afirmar ter sido agredida pelo colega de elenco Alex Perea, que foi seu namorado na vida real.

As primeiras denúncias sobre o assunto foram feitas de forma indireta pela atriz e apresentadora mexicana Lore García, que na terça (8/3), nos Stories de seu Instagram, rotulou Perea como “um agressor de mulheres e um abusador”.

“Quero esclarecer que estou apoiando uma das minhas melhores amigas. Estou dizendo que acredito nela, até porque vivi isso [a agressão] junto com ela, vi de perto. Não aconteceu comigo diretamente. Aconteceu com ela”, afirmou Lore em seguida, sem revelar o nome da suposta vítima do ator.

A identidade da agredida foi confirmada na madrugada, quando Isabel Burr publicou em suas próprias redes sociais um texto – posteriormente compartilhado por Lore García – admitindo textualmente ter sido agredida pelo ator.

“A agressão física e verbal que eu recebi é um exemplo claro de que o medo de falar e de compartilhar paralisa. Nenhuma mulher merece receber abusos de nenhuma índole. Os alertas vermelhos que deixamos passar podem terminar em situações devastadores”, declarou a atriz.

Em “Se Nos Deixam”, Isabel Burr interpreta a advogada Yara Carranza, filha mais velha da protagonista da história, Alice (Mayrín Villanueva). Alex Perea, por sua vez, vive Paulo, rapaz preso injustamente que é defendido por Yara e acaba vivendo uma história de amor com ela. À época das gravações, os dois atores levaram para a vida real o romance de seus personagens.

Um novo capítulo da novela real foi publicado na manhã desta quarta (9/3). O próprio Alex Perea a se manifestou, ainda que veladamente, sobre as acusações.

“É absurdamente triste ver o que uma pessoa contrariada é capaz de fazer para destruir. Nunca havia conhecido alguém com tão pouca qualidade ética e moral. A difamação é um delito punido pela lei”, disparou o ator, que também na Globoplay, como protagonista da série “Sem Medo da Verdade”. Um título, agora, irônico.